Futebol/Copa Sul-americana - ( )

Botafogo tenta reverter vantagem do desfalcado Palmeiras no Engenhão

Gazeta Press e William Correia Rio de Janeiro (RJ)

Longe do título brasileiro e da vaga na Libertadores através da liga nacional, o Botafogo muda seu foco para a Copa Sul-americana, que levaria o time ao maior torneio continental em caso do título. Mas a dificuldade é evitar a eliminação em duelo nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Engenhão, com a obrigação de reverter a derrota por 2 a 0 na ida para o Palmeiras, que viajou ao Rio de Janeiro bem desfalcado.

A equipe carioca precisa vencer por mais de dois gols de diferença para prosseguir na competição – resultado idêntico ao primeiro jogo, mas favorável ao time alvinegro, levará a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. Os jogadores estão pedindo que a torcida compareça. Para Antonio Carlos, um dos líderes da equipe, não é hora de cobranças, mas de apoio para fazer o clube se classificar.

Para buscar a vitória, Oswaldo de Oliveira decidiu fazer muitas alterações em relação ao time que perdeu do Atlético-MG no domingo. O treinador testou uma nova formação com três zagueiros para tentar dar mais segurança à contestada defesa, com Brinner ao lado de Antonio Carlos e Fábio Ferreira. Os três prometem encontrar uma forma de parar Barcos, autor de quatro gols nas duas últimas partidas diante do Botafogo.

“Temos que buscar o resultado em nossa casa, o que já é uma coisa positiva. O Palmeiras é muito perigoso nos contra-ataques, principalmente com o Barcos, mas o Botafogo tem que se preocupar em fazer o primeiro gol para depois pensar no segundo. Não sabemos quais desfalques o Palmeiras vai ter, mas será uma partida muito difícil”, previu Antonio Carlos.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Mesmo precisando vencer por mais de dois gols de diferença, Oswaldo de Oliveira reforça sua defesa
Os volantes Jadson e Amaral, que enfrentaram o Atlético-MG, saem da equipe e o experiente Renato volta ao meio-campo em posição mais defensiva. Seedorf e Andrezinho, mais adiantados, completam o setor. O ataque, no treino de terça-feira, foi formado por Lodeiro e Rafael Marques. Mas Elkeson, poupado das atividades, deve ser confirmado ao lado de Marques, deixando o meia uruguaio no banco de reservas.

O lateral esquerdo Márcio Azevedo desfalca a equipe por continuar reclamando de dores na região do nervo ciático - Lima continua na equipe. Os meias Vitor Júnior, Rodrigo Dantas e Fellype Gabriel seguem no departamento médico, sem previsão de volta.

No Palmeiras, a lista de desfalques é bem maior. Entre os 25 inscritos, nove não viajaram para o Rio de Janeiro: o terceiro goleiro Fábio (único corte sem influência médica), Valdivia poupado por sentir incômodo na coxa esquerda, Artur, Márcio Araújo, Maikon Leite e Daniel Carvalho e Luan, vetados por problemas musculares, e Fernandinho e Marcos Assunção, que operaram os joelhos esquerdo e direito, respectivamente. E ficam fora também quatro atletas que não estão registrados no torneio: Correa, João Denoni e Patrick Vieira, além de Wesley, em recuperação de cirurgia no joelho direito.

Com esses problemas e um confronto importante na luta por mais uma taça no ano - em meio à briga contra o rebaixamento no Brasileiro -, Luiz Felipe Scolari agradece por Thiago Heleno ter se recuperado de dores na coxa esquerda e celebra a volta de Henrique, suspenso na derrota de domingo para o Atlético-GO, pela liga nacional. Deve armar um 3-5-2 com Román, Mauricio Ramos e Thiago Heleno na zaga e Patrik e Mazinho na função de levar a bola a Barcos.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Com oito desfalques entre os 25 inscritos na Sul-americana, Felipão não terá seu banco de reservas completo
O zagueiro Luiz Gustavo, de 18 anos, tem sua improvisação na lateral direita confirmada. O garoto, que treina na posição desde a venda de Cicinho ao Sevilla, será escalado desde o início mesmo se Felipão optar por trocar Román por Obina, em uma esquema mais ofensivo improvável pelo desentrosamento e a vantagem adquirida pela vitória por 2 a 0 na Arena Barueri. E o time, sem alguns de seus principais atletas, venceu o Botafogo no Engenhão, neste ano, pelo Brasileiro.

“Tivemos dois jogos muito difíceis contra o Botafogo, e conquistamos vitórias importante. Mas é um adversário que, no Brasileiro, vai brigar por Libertadores e até título. O campo no Engenhão deve estar ruim de novo, mas vamos jogar por vitória, como sempre. Se for necessário, só vamos jogar com o regulamento e os gols que fizemos em Barueri no fim da partida”, prometeu o goleiro Bruno, um dos poucos titulares do Verdão que estará em campo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO x PALMEIRAS

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 22 de agosto de 2012, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Márcio Santiago (Fifa-MG) e Fabricio Vilarinho (Fifa-GO)

BOTAFOGO: Jéfferson; Brinner, Antonio Carlos e Fábio Ferreira: Lucas, Renato, Andrezinho, Seedorf e Lima: Elkeson (Lodeiro) e Rafael Marques
Técnico: Oswaldo de Oliveira

PALMEIRAS: Bruno; Román, Maurício Ramos e Thiago Heleno; Luiz Gustavo, Henrique, João Vitor, Patrik e Juninho; Mazinho e Barcos
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade