Futebol/Recopa Sul-americano - ( - Atualizado )

Muricy pede atenção com a 'bem armada' La U na volta da Recopa

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Mesmo com o pênalti desperdiçado pelo atacante Neymar no primeiro tempo, o Santos deixou Santiago satisfeito pelo empate com a Universidad do Chile, na noite desta quarta-feira, no primeiro jogo da decisão da Recopa Sul-americana. O técnico Muricy Ramalho, que ficou contente com o rendimento do Peixe na capital chilena, alertou os seus comandados para os perigos oferecidos pela La U, visando o duelo de volta do torneio, marcado para o dia 26 de setembro, no Pacaembu.

“Eu creio que as chances mais claras foram nossas. Tivemos o pênalti e outras jogadas. Às vezes eles tiveram mais a bola, só que o Santos era mais perigoso em campo. Por isso, acho que o resultado foi justo. Mas a gente tem que tomar cuidado no segundo confronto (da Recopa), porque a Universidad é muito bem armada taticamente”, analisou Muricy.

Para o treinador santista, a equipe precisará tomar a iniciativa na partida em São Paulo, porém, sem se descuidar no setor defensivo. “No nosso estádio, vamos tomar a iniciativa. Só que o contra-ataque deles é muito perigoso. Vamos nos armar bem para não sermos surpreendidos”, comentou.

Sobre o jogo de volta da Recopa Sul-americana, Muricy Ramalho acredita que os chilenos não ficarão apenas se defendendo, procurando especular nos contragolpes. O comandante alvinegro espera um duelo bem disputado no Pacaembu. “As duas equipes não sabem jogar atrás, têm jogadores que procuram atuar para frente, sempre em direção ao gol. Não tem como o jogo não ser aberto”, encerrou.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade