Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Vasco deixa campo reclamando muito de árbitro Marcelo Henriques

Rio de Janeiro (RJ)

O cartão amarelo recebido por Fellipe Bastos após o término da partida, por reclamação, é a medida da insatisfação dos jogadores do Vasco com a arbitragem de Marcelo de Lima Henriques, na derrota para o Fluminense, neste sábado.

Ao apito final, o jogador vascaíno, exaltado, foi confrontar o árbitro do clássico, que teria prejudicado a equipe de São Januário. Durante a partida, nenhum lance polêmica ou duvidoso aconteceu.

Se há algo que o Vasco pode alegar contra o árbitro é o cartão amarelo dado a Juninho Pernambucano, o terceiro, que suspende o meia para a partida da equipe contra o Grêmio, na próxima rodada.

“Vibrei com muita força na frente do bandeira e ele achou que eu estivesse falando alguma coisa”, contou Juninho, que disparou contra arbitragem e rivais.

“É de se lamentar a arbitragem. Já prejudicou o Flu, o Abel chorou muito. O Atlético-MG, foi prejudicado e reclamou. O Corinthians foi prejudicado e o bandeira foi suspenso. E, agora, prejudicou o Vasco mais uma vez. A diferença é que ninguém do Vasco reclama”, denunciou.

Nilton também engrossou o coro de críticas a Henriques, e deu a entender que a insatisfação com o árbitro já é antiga. “Está difícil arrancar três pontos com ele. Às vezes, não precisa nem de três pontos. Talvez se tivesse uma arbitragem diferente... Mas tem coisas que não dá pra lamentar”, comentou o volante.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade