Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Aniversariante, Timão tenta atrapalhar Galo na briga pela liderança

Thiago Bastos Ferri* e Wanderson Lima São Paulo (SP)

Neste sábado, o Corinthians completou 102 anos de existência e já está garantido no Mundial de Clubes em dezembro, por conta da conquista na Libertadores. O time paulista, porém, não deslanchou no Campeonato Brasileiro e assumiu como tarefa ‘tumultuar’ a briga pelo título nacional. Depois de encontrar com o Fluminense e empatar, no Engenhão, o Timão entra em campo neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Pacaembu, para enfrentar o Atlético-MG.

Melhor time em aproveitamento até o momento, o Galo soma 44 pontos e conseguiu no primeiro turno bater a equipe de Tite, ainda focada naquele momento na disputa do título continental, por 1 a 0. Sem deixar o bom momento cair durante todos os 19 jogos disputados até agora, os atleticanos receberam elogios dos defensores corintianos, especialmente por seu poder de frente: com 35 gols marcados, a equipe detém o ataque mais competente da competição.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Cássio aposta no fator casa para encerrar jejum
“Sabemos das dificuldades que teremos ao enfrentar o Atlético-MG. Eles têm jogadores qualificados na frente, como o Ronaldinho Gaúcho, Bernard, Jô. Temos que fazer um grande jogo”, analisou o volante Paulinho, que deve formar o meio-campo titular do Timão com Ralf, Danilo e Douglas.

Apesar da animação para enfrentar o time de Cuca, o Corinthians vive um jejum no Brasileiro: são três jogos sem vitória – derrotas para Santos e São Paulo, além do recente empate com o Flu. Somando 25 pontos e em posição intermediária, os atletas alvinegros ficaram satisfeitos com a atuação no Rio de Janeiro, onde tinham a vantagem no placar até os 37 minutos do segundo tempo. Segundo eles, o Galo, que vem de dois empates por 2 a 2 em seguida, não é invencível.

“As duas equipes não vieram de bons resultados nas últimas rodadas, então vai ser uma partida bastante disputada. Espero que a gente consiga imprimir nosso ritmo de jogo em casa para voltar a vencer”, discursou o goleiro Cássio.

Diante da maratona de jogos nesta temporada, o elenco do Corinthians tem demonstrado sinais de cansaço, o que fez o técnico Tite pensar em poupar alguns jogadores para que eles não ‘estourem’. Em relação ao time que atuou no Rio de Janeiro, o Timão contará com a volta do zagueiro Paulo André, que estava suspenso – Wallace voltará para o banco de reservas.

Paolo Guerrero, voltou a sentir incômodo por conta da entorse no tornozelo direito, e acabou vetado pela comissão técnica. Assim, Emerson Sheik e Romarinho deve ser mais uma vez a dupla de ataque titular. Apesar da força máxima na partida deste domingo, Tite já planeja poupar alguns jogadores na sequência da competição.

Bruno Cantini/CAM
Sob a batuta do armador Ronaldinho Gaúcho, o Atlético-MG é o melhor ataque deste Brasileirão, com 35 gols
O Galo, por sua vez, diante dos recentes resultados, contra Cruzeiro e Ponte Preta, permitiu a aproximação de Fluminense e Grêmio na tabela.Por isso, um triunfo contra o Corinthians é considerado importantíssimo. Para o duelo contra o Timão, o técnico Cuca poderá contar com todos os titulares.

O meia-atacante Bernard, revelação atleticana no Brasileiro, e o volante Pierre, que cumpriram suspensão automática ante a Macaca voltam a ficar à disposição, e entram no time nas vagas de Serginho e Escudero. Com isso, Cuca deve mandar a campo neste domingo, o que tem de melhor.

O jogo contra o Corinthians vai, também, marcar o reencontro do atacante Jô com o clube que o projetou. O camisa 32, no entanto, não espera ser recebido com festa no Pacaembu. Jô afirma que a tendência é de ser vaiado pelo torcedor corintiano, mas garante que está preparado para a situação e que agora defende as cores do Galo.

“Como ex-jogador, a gente espera uma vaia. Uma certa pressão. Mas tenho amigos lá ainda, que me respeitam, pedem minha volta. Hoje defendo o Atlético-MG, tenho um objetivo aqui”, disse Jô, que deixou claro que tem um carinho especial pelo time paulista, sem esquecer, porém, que neste momento o mais importante é ajudar o Galo a ficar com o título Brasileiro.

“É diferente enfrentar o Corinthians, com todo respeito que tenho ao Atlético-MG, e à torcida que me tratam bem. Mas lá é foi onde fui revelado, campeão brasileiro, tenho o maior respeito do mundo. Não tive chance de jogar contra eles no primeiro jogo. Mas meu espírito é só um, ajudar o Atlético-MG e ser campeão”, declarou.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS x ATLÉTICO-MG

Local: estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: dia 2 de setembro, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Fábio Pereira (TO)

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Douglas; Romarinho e Emerson
Técnico: Tite

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete, Danilinho e Ronaldinho; Bernard e Jô
Técnico: Cuca

*especial para a GE.net

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade