Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Bernard lamenta punição do STJD e diz que não é um atleta agressivo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG não poderá contar com o meia-atacante Bernard na partida contra o Palmeiras do próximo domingo, no Estádio Independência. O jogador foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão no clássico contra o Cruzeiro e punido com dois jogos de suspensão, pena considerada pesada pelo jogador, que soube da noticia logo após a terminar o jogo contra o Bahia, nessa quarta.

“Fiquei surpreso. Quando sai do campo já foram falando isso, nem estava sabendo. É difícil falar, é difícil questionar. Eu não posso falar, senão até piora minha situação. Não dá para falar que é exagerado, que dá para correr atrás. Mas não sou um jogador agressivo”, justificou Bernard.

Questionado se a punição foi merecida, o jogador afirmou que a pena só foi aplicada por ele já ter sido expulso em uma partida da Copa do Brasil. Bernard voltou a frisar que tanto ele quanto o volante cruzeirense Leandro Guerreiro, que também estava envolvido na confusão, não são atletas violentos.

“Não acho que foi para tudo isso. Já aconteceram várias coisas e ninguém pegou suspensão. É por eu ser reincidente. A primeira vez acho que não foi tão grave, como a segunda vez não foi. Mas é trabalhar e ter paciência. Como vou ficar um fim de semana sem jogar, vou descansar”, declarou.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade