Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Em noite oposta para os goleiros, América-RN vence o ASA

Arapiraca (AL)

Os goleiros viveram noites diferentes no estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Se Thiago Schimdt, goleiro do América-RN, apareceu bem para segurar a pressão do ASA e ajudou o time potiguar a garantir a vitória por 2 a 0 longe de seus domínios, o arqueiro Gilson falhou no segundo gol americano e atrapalhou qualquer reação dos mandantes no Fumeirão.

Os gols marcados pelo lateral direito Thiaguinho e pelo meio campista Norberto colocam o Mecão em décimo lugar na Série B do Campeonato Brasileiro, dez pontos atrás do São Caetano, último integrante do G-4. Do outro lado, o time alagoano estaciona com 30 pontos, mas agora na 15ª posição, duas acima da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, a 27ª rodada da competição nacional, o ASA viaja para Natal, onde encara o ABC no estádio Frasqueirão às 19h30 (de Brasília) de terça-feira. Enquanto isso, o América-RN volta a jogar fora de casa, dessa vez em Campinas, contra o Guarani, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, às 16 horas de sábado.

Arte GE.Net
O jogo - Sem poder contar o com o artilheiro Lúcio Maranhão, o ASA apostou em Alexsandro no comando do ataque. Logo aos três minutos, o centroavante apareceu bem e obrigou o goleiro Thiago Schimdt a fazer a defesa com os pés.

Minutos mais tarde, o goleirão do América-RN teve de se virar de novo, dessa vez em chute do lateral esquerdo Chiquinho Baiano, que desviou em Norberto e dificultou ainda mais a vida do arqueiro. Chiquinho voltaria a incomodar em chute de longe, mas a bola passou perto do gol de Thiago.

Se no primeiro tempo o Mecão foi apático e pouco criou, o técnico Roberto Fernandes tratou de acordar os jogadores no vestiário e foi recompensado com o gol logo aos 28 segundos da etapa complementar. Lúcio Curió descolou lançamento para Thiaguinho e o lateral direito bateu na saída do goleiro Gilson para abrir o placar.

Depois o apagão, o Fantasma das Alagoas resolveu reagir e, novamente com Chiquinho Baiano, chegou com perigo. O lateral soltou a bomba após cruzamento de Osmar e carimbou a trave de Thiago. No desespero, o técnico Nedo Xavier sacou o zagueiro Irineu e promoveu a entrada do meia Valdivia para ganhar poder ofensivo.

Um lance curioso aconteceu aos 22 minutos da segunda etapa. O atacante Soares, com passagens por Figueirense, Fluminense e Cruzeiro, reclamou com o árbitro Emerson Almeida e acabou levando cartão amarelo, mas isso tudo sentado no banco de reservas do time potiguar.

Em vantagem, os visitantes apostavam nos contra-ataques, principalmente com o artilheiro Isac, que chegou a assustar Gilson em chute de longe. Na pressão e sempre com Chiquinho Baiano, o ASA respondeu. O ala cruzou na cabeça de Henry e Thiago salvou o Dragão mais uma vez em Arapiraca.

O América-RN seguiu se aproveitando dos espaços na defesa alagoana e conseguiu ampliar o marcador graças à falha de Gilson. Lúcio Curió deu mais uma assitência, dessa vez para Norberto, e o meio campista bateu mal. Desatento o arqueiro do Fantasmão acabou aceitando e fez com que a torcida começasse a deixar as arquibancadas mais cedo e atirasse objetos no gramado.

Enquanto o ASA se perdia em campo, o Dragão chegou mais uma vez ao ataque. Thiaguinho quis repetir a dose e soltou a bomba de fora da área, mas a bola acabou explodindo no travessão de Gilson.

Sem reação os alagoanos apenas assistiram os potiguares tocarem a bola para passar o tempo e agora voltam a se preocupar com a zona de rebaixamento. Já o sonho do G-4 volta a ficar vivo em Natal, apesar dos dez pontos que separam o Mecão do São Caetano.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade