Futebol/Mundial de Clubes - ( - Atualizado )

P. André aprova chave do Mundial e quer Timão no topo do Brasileiro

São Paulo (SP)

O Corinthians adotou nesta segunda-feira um discurso padrão de evitar comemorações pela definição da chave do Mundial de Clubes em que rivais como Monterrey (México) e Chelsea (Inglaterra) poderão ser encontrados apenas na final. Mas o zagueiro Paulo André resolveu apostar na sinceridade e reconheceu a vantagem do Alvinegro no sorteio.

“Foi interessante, agora vamos esperar os confrontos envolvendo o Auckland (Nova Zelândia), o time japonês e o representante da África. Mas é mais tranquilo do que enfrentar a equipe mexicana”, disse o defensor, em entrevista à Rádio Estadão ESPN.

Na competição do Japão, a expectativa de analistas e torcedores é que o Corinthians dispute a final com o Chelsea. Paulo André já se mostra antenado com a movimentação inglesa no fim de 2012.

“É um time mais leve e de mais qualidade do que no ano passado. Perdeu experiência, pois saíram jogadores com história, mas vão dar muito trabalho”, afirmou. “O time deles ainda não encaixou totalmente, mas, em dezembro, eles estarão na ponta dos cascos”, emendou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Zagueiro Paulo André faz saldo positivo do sorteio do Mundial de Clubes para o Corinthians.

Enquanto não chega ao Mundial, o Corinthians tenta garantir os últimos pontos para evitar qualquer risco de cair para as últimas colocações no Campeonato Brasileiro e ter a tranquilidade de poupar o elenco. Ainda assim, Paulo André apresenta um objetivo mais ousado no torneio nacional.

“Gostaria de colocar o Corinthians entre os cinco melhores da classificação, acho que é o nosso lugar, seria a prova da nossa cultura de querer vencer, de sempre buscar o melhor. Acho possível”, avisou Paulo André.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade