Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Aposta da base, Giovanni almeja vaga e quer vida longa no Timão

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Os quatro anos de batalha nas categorias de base do Corinthians começam a render os frutos ao meia-atacante Giovanni. Campeão da Copa São Paulo de Juniores, o garoto renovou seu contrato, foi alçado aos profissionais e já marcou o primeiro gol com a camisa alvinegra.

Aos 18 anos, o atleta explicou à reportagem da Gazeta Esportiva.Net que pensa em seguir no Corinthians por muito tempo e, com as mudanças em sua vida, espera alcançar a condição de titular.

“Renovei o contrato depois da Copa São Paulo e espero ficar por muito tempo aqui, não quero sair tão cedo do Corinthians. Meu objetivo é me tornar titular aqui e ganhar meu espaço”, afirmou o meia, com vínculo até 2015.

Desde que foi promovido, Giovanni disputou sete partidas e balançou as redes pela primeira vez no dia 8, quando entrou no decorrer do confronto contra o Grêmio e marcou um belo gol ao mandar no ângulo. Logo depois da boa atuação, o atleta manifestou o sonho de ser aproveitado por Tite no Mundial de Clubes, apesar de saber que ainda está longe da vaga.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Giovanni foi campeão da Copa São Paulo e ganhou espaço no elenco profissional do Corinthians
“Claro que tenho de sonhar, mas sei que é difícil, porque são muitos jogadores em condições. Estive com o pessoal nos bastidores da Libertadores, mas sem ser inscrito. Mesmo se ficar fora, vou torcer para o pessoal conquistar o título”, ponderou.

O próprio técnico corintiano explica que o atleta ainda tem um caminho a percorrer. “O Giovanni e os outros meninos que foram lançados precisam de tempo, para que possam naturalmente acontecer. Aos poucos, vão treinando, cumprindo função e adquirindo confiança. Não dá para estalar os dedos e colocar o menino para jogar. Existe um processo de maturidade e convívio”.

Além do meia-atacante, o goleiro Matheus, os zagueiros Marquinhos e Antônio Carlos e o lateral esquerdo Denner também foram promovidos depois do título da Copinha. Marquinhos, inclusive, já foi emprestado para a Roma, em acordo válido até o ano que vem.

Nascido em Sorocaba, Giovanni chegou aos Corinthians aos 14 anos e sofria com a falta de visibilidade das categorias de base, mas agradece ao clube pela oportunidade, depois de ter morado por todo o período nos alojamentos.

“Foram quatro anos de dificuldades, por não ter o acompanhamento da imprensa, mas o Corinthians sempre deu respaldo, inclusive com as melhores escolas e disputando campeonatos importantes. Muitos amigos ficaram pelo caminho, mas procuro manter o contato com eles”, acrescentou.

Nova esperança da Fiel, Giovanni fica agora na expectativa de ser aproveitado por Tite na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Botafogo, domingo, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade