Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Corinthians revoga efeito suspensivo e Sheik não enfrenta o Botafogo

São Paulo (SP)

O Corinthians não terá o atacante Emerson Sheik para o jogo deste domingo, contra o Botafogo. Após ser suspenso por seis partidas na semana passada, o camisa 11 obteve efeito suspensivo e poderia atuar diante do Glorioso. Neste sábado, porém, o clube anunciou que revogou o pedido, “com o objetivo de ter força máxima nas rodadas finais do Brasileiro”, quando o Mundial de Clubes, a ser disputado em dezembro, no Japão, estará próximo.

Na próxima sexta-feira, o jogador corintiano deverá ser novamente julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Caso o órgão decida manter a punição que aplicou na primeira análise do caso, o atacante já terá cumprido três jogos de suspensão e o atleta poderá ter condições de atuar na reta final da liga nacional, período visto como essencial por Tite, para que sua equipe chegue embalada no torneio do final do ano. Sheik recebeu a sanção por conta do cartão vermelho levado no jogo com o Atlético-MG.

Com o efeito suspensivo, a pena foi reduzida, até o novo julgamento, para dois jogos – um cumprido de forma automática e o outro na vitória sobre o arquirrival Palmeiras, domingo passado. O longo gancho se deu pelas ofensas a Péricles Bassols, árbitro do confronto com o Galo. Segundo o juiz, Sheik o chamou de “safado” e “ladrão”.

Já nesta última sexta-feira, Tite havia testado uma equipe sem Emerson entre os titulares e com Guerrero como referência à frente. O time que deve entrar em campo contra o Bota deve contar com: Cássio; Edenílson, Wallace, Paulo André e Alessandro; Ralf, Paulinho e Douglas; Romarinho, Martinez e Guerrero. O zagueiro Anderson Polga foi relacionado pela primeira vez.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade