Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Manutenção de titulares é valorizada por Tite depois de empate suado

Edoardo Ghirotto, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Longe da briga pelo título e sem qualquer pretensão neste Brasileiro, o técnico Tite não chegou nem a cogitar um rodízio entre os titulares do Corinthians e usou o empate por 1 a 1 contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira, para mostrar os motivos que o levaram a manter os seus principais atletas na equipe. Entre eles, o treinador classificou a entrega do time e o entrosamento adquirido na competição nacional como os principais pontos deste planejamento.

“A ideia é justamente essa. É de não poupar ninguém, porque a equipe adquire cada vez mais entrosamento e ritmo e se sustenta individual e coletivamente”, destacou o comandante. Tal pensamento foi ainda mais valorizado pelo treinador depois de o Corinthians ter pressionado a Macaca nos derradeiros minutos do segundo tempo e criado a chance que permitiu o gol de empate de Emerson, aos 44 minutos.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Danilo estava pendurado com dois amarelos e não foi poupado antes do clássico com o Palmeiras
“Estes são jogos muito difíceis. Jogar com a Ponte preta é muito difícil, pois eles conseguiram grandes resultados fora de casa. Ela tem jogadores de qualidade, como o Marcinho. Estrategicamente ela marca bem e quebra o ritmo do jogo. Eles trazem essa característica e desconcentram o nosso time. Ainda fizeram o gol na bola parada e, felizmente, nós reagimos para buscar o empate”, emendou o técnico.

Enquanto busca dar um entrosamento maior para os seus comandados, Tite estuda algumas peças no seu elenco para armar o Corinthians até o Mundial de Clubes. Desta vez, o escolhido pelo treinador foi o jovem meia Giovani, que entrou para substituir Alessandro no segundo tempo e incendiou o confronto nos minutos finais. O meia conseguiu criar boas oportunidades no setor ofensivo e arrancou aplausos do técnico após o término do duelo.

“De novo o Giovani entrou bem no jogo. O garoto manteve tranquilidade e maturidade e teve consciência para continuar focado no trabalho. É por isso que é importante não fazer muitas modificações. O jogo que fizemos com o Grêmio foi diferente e precisamos ter essa consistência para manter o mesmo desempenho que tivemos naquela partida”, concluiu.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade