Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Com gol de Deivid, Coxa afunda o Atlético-GO

Goiânia (GO)

O Coritiba foi ao Estádio Serra Dourada e afundou ainda mais o Atlético Goianiense na lanterna do Campeonato Brasileiro ao vencer por 2 a 1. Com o resultado, o Alviverde chega aos 28 pontos ganhos, se afastando um pouco mais da zona de rebaixamento e abrindo uma sequência de duas vitórias no comando de Marquinhos Santos.

O Coxa abriu o placar com cerca de 30 segundos de bola rolando, com Robinho, que recebeu de Deivid e arrematou para as redes. Aos 10 minutos o time da casa deixou tudo igual, com Patric. Depois do intervalo, o próprio Deivid fez seu primeiro gol com a camisa alviverde, aos 14 minutos.

Na próxima rodada, o Atlético Goianiense encara o Fluminense, sábado, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Já o Coritiba terá pela frente o Santos, domingo, no Estádio Couto Pereira, em Coritiba.

O jogo – Com menos de um minuto de partida, Robinho aproveitou sobra de bola e passe açucarado de Deivid para chutar e abrir o placar com um gol relâmpago. Ainda mais pressionado pelo resultado, o Dragão foi par ao ataque. Aos seis minutos, Eron cruzou, Patric fez o desvio no meio do caminho e Vanderlei fez grande defesa. O empate veio aos 10 minutos, com Patric, que aproveitou cruzamento para testar para o gol.

O jogo ficou aberto, com as equipes buscando o segundo. Aos 15 minutos, Eltinho recebeu na cara do gol e chutou em cima de Márcio, desperdiçando uma oportunidade incrível. Aos 19 minutos, bom passe para Éverton Costa, que vacilo e permitiu o corte de Gustavo. Cochilo da defesa coxa-branca, aos 27 minutos, Escudero escorregou e Patric desviou para fora, com muito perigo.

O Atlético gostava do jogo e, aos 32 minutos, Marcos pegou rebote e bateu de voleio pela linha de fundo. Aos 39 minutos, Alexandre Oliveira recebeu com liberdade e a arbitragem parou o lance anotando o impedimento. O ritmo caiu um pouco, com muita marcação no meio-campo. Aos 40 minutos, Patric desviou de cabeça no meio da área e, após toque na defesa, ganhou escanteio.

Na segunda etapa, o Coxa voltou com Ruidíaz no lugar de Éverton Costa. O gringo teve a primeira chance logo no primeiro lance, mandando um petardo para defesa de Márcio. Robinho pegou a sobra de bola e desperdiçou. Aos cinco minutos, Deivid, de frente para a meta, furou. Na resposta, Danilinho fez fila, invadiu a área e foi travado, ficando no chão reclamando um pênalti.

Ruidiaz tentou novamente aos 12 minutos, desta vez por cobertura, e errou o alvo por muito. Tecnicamente o jogo era ruim, reflexo da posição das equipes na classificação. Até que, aos 14 minutos, Gil fez o cruzamento e Deivid apareceu para tocar para o fundo das redes e fazer seu primeiro gol com a camisa coxa-branca. O atacante alviverde chutou mais uma aos 19 minutos, raspando a trave.

Deivid estava com crédito na partida, mas aos 25 minutos lembrou os piores momentos no Flamengo, aos receber na cara do gol e tocar para fora, perdendo uma chance clara de ampliar. Os treinadores aproveitaram para queimar suas substituições. Aos 35 minutos, Vanderlei fez a jogada e levantou fechado demais, para fora. Aos 40 minutos, Diogo Campos arriscou de longe e isolou.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade