Motor/Fórmula 1 - ( - Atualizado )

Bruno Senna admite erros por 17ª colocação do grid

Spa (Bélgica)

O brasileiro Bruno Senna admitiu que teve boa parcela de culpa no fraco desempenho na segunda parte do treino classificatório para o Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1. Ele precisou segurar seu carro para não rodar na primeira tentativa de marcar volta rápida na atividade, acabou afetando sua programação e ficou apenas com a 17ª colocação do grid.

O brasileiro fez 1min50s088 como melhor tempo no Q2, neste sábado. O venezuelano Pastor Maldonado, seu companheiro de equipe, avançou à parte final do treino classificatório e, com mais um bom desempenho, garantiu a terceira colocação, atrás apenas de Jenson Button e Kamui Kobayashi.

“Eu entrei com o DRS aberto na curva e paguei o preço. Destruiu o pneu quando andei de lado e tive que voltar para o boxes para trocar. Acho que deve ter danificado alguma coisa no carro também quando passou pela zebra. Aí a última saida não foi nada agradável", disse o piloto da Williams à TV Globo.

Largando da parte de trás do grid, Bruno Senna traçou como objetivo finalizar a corrida em Spa-Francorchamps dentro da zona de pontuação. Para isso, deve ganhar, no mínimo, sete postos durante a corrida.

“Pelo menos sobrou jogo bom de pneus para ver se conseguimos ficar entre os dez primeiros. Vai ser uma corrida dura, temos que esperar e atacar amanhã", explicou-se.

AFP
Bruno Senna quase rodou durante o treino classificatório e ficou apenas com a 17ª posição

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade