Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Aos 73 anos, morre Jorge Manicera, ex-zagueiro uruguaio do Flamengo

Montevidéu (Uruguai)

Nesta terça-feira, o Nacional, clube do Uruguai, confirmou a notícia do falecimento de Jorge Manicera, zagueiro uruguaio com passagem pelo Flamengo no final da década de 60. O ex-jogador morreu aos 73 anos de idade.

Nascido em 1938, Manicera começou sua carreira jogando pelo Rampla Juniors, no ano de 1958, e permaneceu na equipe até 1962. Em seguida, o ex-defensor acertou a sua transferência para o Nacional, onde foi campeão uruguaio em 1963 e 1966. No ano seguinte, ele rumou para o Clube de Regatas Flamengo e, em 1971, retornou para seu país, onde defendeu a camisa do Cerro antes da aposentadoria, aos 33 anos.

Reprodução
Manicera teve curta passagem pelo Flamengo e jogou a Copa de 66
Jorge Manicera também entrou em campo vestindo as cores da seleção uruguaia em 21 partidas e disputou a Copa do Mundo de 1966.

Em comunicado divulgado no site oficial do Nacional, o clube diz que o ex-jogador foi um dos zagueiros mais técnicos de todos os tempos no futebol uruguaio, com um estilo de jogo elegante. Apesar de ter atuado em vários clubes, Manicera jamais abandonou a sua profissão de bancário. O ex-atleta era também conhecido por ser um grande cabeceador e por atuar tanto do lado esquerdo como do lado direito da defesa, versatilidade que não era muito comum em sua época

Ainda na nota publicada na página do Nacional, o clube deixa um grande abraço para todos os familiares e amigos do jogador. O velório de Jorge Manizera será realizado nesta quarta-feira, dia 19 de setembro.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade