Motor/Stock Car - ( - Atualizado )

Após 20 anos, Cascavel tem vitória de Valdeno e abandono de líderes

Cascavel (PR)

Os 34 mil espectadores que, após 20 anos de ausência do circuito, lotaram as arquibancadas do autódromo em Cascavel já 30 minutos antes do início da oitava etapa da Stock Car foram recompensados com uma corrida emocionante, que depois de várias trocas de líderes, terminou com a vitória de Valdeno Brito.

Foi o quinto triunfo da carreira do piloto da Shell Racing, o segundo nesta temporada. O resultado foi ainda mais positivo para Valdeno, que viu o líder Cacá Bueno e o vice Ricardo Maurício abandonarem e, portanto, não somarem ponto na disputa do campeonato.

Com 94 pontos, Valdeno agora está a 21 da liderança e a 18 do segundo colocado. Quem também se aproximou consideravelmente após a corrida em Cascavel foi Daniel Serra. O piloto da Red Bull Racing, que liderou todos os treinos livres, mas largou na segunda posição, atrás de Átila Abreu, terminou apenas em 17º e reduziu para 16 pontos a distância para a ponta da tabela de classificação.

Vanderley Soares/MS2
Valdeno Brito, da Shell Racing, venceu a etapa de Cascavel da Stock Car neste domingo
O pole position Átila Abreu se manteve na dianteira até a décima volta, quando um pneu furou e o levou aos boxes. Numa comprovação de que seu carro estava muito bem acertado, Átila superou vários adversários para chegar na quarta colocação. Outro destaque do domingo foi Julio Campos, que fez seu terceiro pódio na categoria e o primeiro na temporada. Ele chegou 4,2 segundo atrás de Valdeno e cerca de dois segundos à frente de Allam Khodair. Este foi o terceiro pódio consecutivo do Japonês Voador, vencedor em Jacarepaguá e em Salvador.

"É muito difícil para a gente chegar no nível de uma equipe que tem quatro carros. Temos sido competitivos ano inteiro, menos nas duas últimas provas quando tivemos problemas. Temos andado entre os dez e isso é muito importante. A nossa ideia neste primeiro ano da equipe é chegar entre o quinto e o décimo. Claro que se der, brigaremos pelo campeonato", avisou Julio Campos.

Confira o resultado da prova:

1) Valdeno Brito (Shell Racing), 41min57s669
2) Julio Campos (Carlos Alves Competições), 42min01s939
3) Allam Khodair (Vogel Motorsport), 42min03s771
4) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), 42min10s627
5) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), 42min12s264
6) Max Wilson (Eurofarma RC), 42min12s962
7) Galid Osman (BMC Racing), 42min14s547
8) Duda Pamplona (Officer ProGP), 42min17s676
9) Vitor Meira (Officer ProGP), 42min17s676
10) Lico Kaesemodel (RCM Motorsport), 42min19s628
11) Diego Nunes (Hot Car Competições), 42min20s508
12) Felipe Maluhy (Medley Fulltime), 42min25s648
13) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), 42min26s821
14) Pedro Boesel (Comprafacil Nascar JF), 42min27s856
15) Tuka Rocha (BMC Racing), 42min29s033
16) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM Motorsport), a 1 volta
17) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 1 volta
18) Patrick Gonçalves (Carlos Alves Competições ), a 1 volta
19) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 1 volta
20) David Muffato (Itaipava Racing Team), a 1 volta
21) Xandinho Negrão (Medley Fulltime), a 1 volta
22) Ricardo Zonta (Linea Sucralose), a 2 voltas
23) Popó Bueno (Linea Sucralose), a 3 voltas
24) Luciano Burti (Itaipava Racing Team), a 4 voltas
25) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 4 voltas
26) Antonio Pizzonia (Comprafacil/Nascar), a 8 voltas
27) Denis Navarro (Vogel Motorsport), a 16 voltas
28) Giuliano Losacco (Shell Racing), a 27 voltas
29) Eduardo Leite (Hot Car Competições), a 27 voltas
30) Ricardo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), a 31 voltas
31) Diogo Pachenki (Bassani Racing), sem tempo
32) Claudio Ricci (Bassani Racing), sem tempo

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade