Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Barcos pede ajuda a Deus e raça: "O clube não merece essa situação"

Rio de Janeiro (RJ)

Menos de 24 horas após estar com a seleção argentina no Peru, Barcos enfrentou o Vasco pelo Palmeiras, no Rio de Janeiro. Mas deixou São Januário com o time perdendo por 3 a 1, na 14ª derrota do time no Brasileiro e na penúltima colocação, a sete pontos do Flamengo, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Situação que deixa o artilheiro desolado.

“Estamos no Palmeiras. É um clube grande, que não merece estar nessa situação. Precisamos mudar”, cobrou o centroavante, autor de 21 gols do time na temporada e ciente de que o momento é bastante complicado.

O camisa 9 pede empenho aos colegas, mas solicita também ajuda divina para evitar que o Verdão dispute a Série B em 2013. “É muito difícil, mas depende de nós. Deus queira que saiamos logo, porque estamos sofrendo demais”, lamentou o artilheiro.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Artilheiro pede que os colegas se empenhem para evitar o rebaixamento, mas solicita também auxílio divino
Substituto de Barcos na partida dessa quarta-feira, Obina também ficou perdido ao falar da realidade palmeirense no Rio de Janeiro. A tristeza aumenta porque a equipe abriu o placar no primeiro tempo, com Luan.

“Não queríamos nunca perder como perdemos. Fizemos 1 a 0 e tomamos os gols. É complicado, tudo é muito complicado”, constatou Obina, também exigindo disposição. “Precisamos entender que a situação é difícil e trabalhar. Temos que lutar até o fim, temos que batalhar.”

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade