Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Kleina acha “muito legal” interesse do Verdão. Dorival segue no Fla.

São Paulo (SP)

A procura do Palmeiras por um substituto para Luiz Felipe Scolari tem provocado distintas reações entre os interessados. Jorginho, o principal candidato, já recusou sair do Bahia para retornar ao clube paulistano. Neste domingo, Dorival Júnior também avisou que não deixará o Flamengo. Já Gilson Kleina pareceu aberto à possibilidade de trocar a Ponte Preta pelo Palestra Itália.

“Fico lisonjeado por ser lembrado por uma potência como o Palmeiras. É muito legal”, afirmou Kleina, após o empate por 0 a 0 entre Ponte Preta e Botafogo, em Campinas. Em seguida, no entanto, o treinador ressalvou: “Só ouço sobre o interesse pela imprensa. É difícil responder sobre isso. O foco está em manter a Ponte na primeira divisão.”

Dorival Júnior (que foi jogador do Verdão, torce pelo clube e é sobrinho do ídolo Dudu) nem sequer cogita trocar de emprego. “Fico contente em ser lembrado, mas tenho compromisso com o Flamengo. Jamais quebrei contrato com um time. Não vou fazer isso nunca. Mas agradeço pelo interesse”, declarou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Na Ponte, Gilson Kleina elogiou o Palmeiras e ficou lisonjeado por estar cotado como substituto de Felipão
Do lado do Palmeiras, os dirigentes adotam cautela ao analisar a busca por um comandante. Ninguém está descartado. “As decisões precisam ser tomadas com equilíbrio. Estamos analisando alguns nomes, mas sem fazer nada na base do desespero. Já temos muitos problemas”, disse o gerente de futebol César Sampaio, que ainda leva em consideração a efetivação do interino Narciso.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade