Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Laor acusa São Paulo de aliciar Ganso e ameçaca levar caso à Fifa

São Paulo (SP)

O presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, criticou duramente o São Paulo neste sábado. O motivo da indignação do mandatário foi a maneira como a equipe do Morumbi estaria conduzindo a negociação com o meia alvinegro Paulo Henrique Ganso. Participando do 2º Fórum Nacional do Esporte, em São Paulo, o dirigente acusou a equipe do Morumbi de conversar diretamente com o jogador, sem a autorização da cúpula do Peixe, e ameaçou levar o caso à entidade máxima do futebol mundial.

“Se isso não parar, vou à Fifa, como fiz com o Chelsea quando eles vieram aqui em 2010 e acharam que era só acertar salário e levar o Neymar. O Santos é um clube sério. Se o diretor de futebol do São Paulo (Adalberto Batista) vem a público e diz que já acertou salários com o Ganso, isso não é aliciamento? Tem mais: é mentira que o Pedro (Luiz Conceição, membro do Conselho Gestor santista) tenha autorizado o São Paulo a conversar com o Ganso. Ele não tem autonomia para isso”, disse Laor.

Mas o Tricolor não foi o único alvo das críticas disparadas pelo mandatário alvinegro. O dirigente também foi severo com o Grupo DIS, detentor de 55% dos direitos federativos de Ganso. Além disso, confirmou que só pretende negociar o jogador caso algum clube pague o valor integral da multa rescisória (R$ 53 milhões, dos quais o Santos tem direito a $ 23,8 milhões).

“O problema é que ele tem procuradores que, ao mesmo tempo, são proprietários de uma parte dos direitos. Por isso, querem ganhar dinheiro. Eles se confundem, estão dos dois lados da mesa, e isso prejudica o jogador. Com o Neymar, isso não acontece, porque o pai é o empresário e só quer que o filho seja feliz. Já os procuradores querem ganhar o máximo de dinheiro possível no menor espaço de tempo, o que prejudica o atleta”, explicou, revelando ainda que teve uma reunião com Ganso na última sexta-feira para se solidarizar com o jogador, chamado de “mercenário” por parte da torcida santista no meio da semana, na Vila Belmiro.

O São Paulo vem tentando contratar Paulo Henrique Ganso há duas semanas. Na última quinta-feira, após o Santos recusar uma proposta inicial vinda do Morumbi, a equipe paulistana ofereceu cerca de R$ 28 milhões pela totalidade dos direitos federativos do meia, quantia prontamente recusada pelo clube da Baixada.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade