Futebol/Brasileirão Série A - ( - Atualizado )

Neymar brilha com dois gols e Santos vira sobre o Coritiba no Couto

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

 De virada e com dois gols de Neymar, com boa atuação na segunda etapa, o Santos bateu o Coritiba por 2 a 1 em duelo direto no Couto Pereira, subindo na classificação do Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos, o Peixe já foca o G10, enquanto o Coxa, com 28 pontos, volta a se preocupar com as proximidades da zona de rebaixamento.

O Alviverde saiu na frete com gol de Deivid, aos nove minutos, aproveitando cobrança de falta para aparecer na área e desviar para as redes. Na segunda etapa, Neymar resolveu sozinho, aos 25 minutos, deixando defesa e goleiro para trás para deixar tudo igual com um golaço no Alto da Glória. Aproveitando rebote, Neymar fechou a contagem, aos 37 minutos.

Na próxima rodada, o Coritiba vai ao Recife, no domingo, quando enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro. Já o Santos encara a Portuguesa, sábado, em partida marcada para o Estádio do Canindé, em São Paulo.

O jogo – Com uma tarde ensolarada e mais de 30°C de temperatura, as equipes começaram a partida em ritmo lento, apenas se estudando. Aos poucos a equipe da casa tentava impor seu ritmo, mas sem conseguir penetração na defesa paulista. Aos cinco minutos, Vanderlei quase entregou ouro na saída de bola, mas se recuperou no lance. O Coxa começou a apertar e, aos nove minutos, Ayrton cobrou falta e Deivid apareceu para testar para o fundo das redes.

O Peixe errava muitos passes e o time paranaense aproveitava para crescer na partida. Aos 16 minutos, Lincoln abriu espaço e bateu para boa defesa de Rafael, que espalmou pela linha de fundo. Aos 18 minutos, Robinho ganhou da defesa santista e obrigou o goleiro a deixar a meta para interceptar. Na resposta, Patito Rodrigues fez a jogada, lançou André e Demerson apareceu para cortar.

Arte GE.Net
O Santos adiantou a marcação e equilibrou as ações em busca do empate. Aos 24 minutos, Neymar cobrou falta na área e Vanderlei saiu para segurar. Patito Rodrigues mandou um petardo de fora da área, aos 35 minutos, e obrigou Vanderlei a fazer grande defesa. O goleiro coxa-branca operou um milagre aos 40 minutos, após cabeçada de Neymar, à queima-roupa.

Depois do intervalo, as equipes voltaram sem modificações. Aos três minutos, Robinho recebeu lançamento e bateu na saída de Rafael, para fora. Outra grande oportunidade para o Coritiba foi criada aos cinco minutos, com Éverton Ribeiro, que dentro da are chutou em cima do goleiro santista. Deivid, a seu estilo, desperdiçou lance inacreditável, aos seis minutos, desviando com liberdade, de frente pra o gol, para fora.

Bernardo, que havia acabado de entrar, cobrou falta na cabeça de Bruno Rodrigues que, aos 10 minutos, desviou por cima da meta. O Alviverde respondeu na mesma moeda, com Escudero testando desequilibrado, pela linha de fundo. Lesionado, Bruno Peres deixou o gramado para a entrada de Douglas. Aos 23 minutos, confusão na área coxa-branca, a bola sobrou para André tocar de voleio para fora.

O Santos chegou ao empate aos 25 minutos, com um golaço de Neymar, que fez fila na defesa, tirou o goleiro Vanderlei da jogada e tocou de mansinho para o fundo das redes, silenciando o Alto da Glória. Aos 31 minutos, Patito Rodriguez fez o levantamento e Neymar cabeceou para fora. A virada veio aos 36 minutos, novamente com Neymar, que pegou rebote após chute de Patito e empurrou par ao gol. O resultado confirma a recuperação do Peixe e interrompe a boa sequência do Coxa.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 X 2 SANTOS
 
Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 16 de setembro de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Ronan Marques da Rosa (SC)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Henrique Correa (ambos do RJ)

Cartões amarelos: Escudero (Coritiba); Douglas, Neymar e Gérson Magrão (Santos)
Gols: CORITIBA: Deivid, aos 09 minutos do primeiro tempo SANTOS: Neymar, aos 25 minutos e aos 37 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei; Ayrton, Escudero, Demerson e Eltinho; Willian, Gil, Lincoln (Ruidíaz) e Everton Ribeiro (Marcel); Robinho (Éverton Costa) e Deivid
Técnico: Marquinhos Santos

SANTOS: Rafael; Bruno Peres (Douglas), Bruno Rodrigo, David Braz e Juan; Ewerton Páscoa (Bernardo), Arouca, Gérson Magrão e Patito Rodríguez; Neymar e André (Bill)
Técnico: Muricy Ramalho

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade