Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Guilherme se defende de críticas e diz que não é mais centroavante

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Um dos jogadores mais caros da história do Atlético-MG, o meia-atacante Guilherme tem sido bastante cobrado pela torcida alvinegra, o atleta, no entanto, se defende e afirma que tem atuado de maneira diferente do que fazia no passado. O atleta questiona o motivo das cobranças serem direcionadas praticamente só para ele, já que todo o time estaria bem e apenas ele não.

“Não sou mais aquele camisa 9, não tenho jogado assim. O time está jogando bem, não é possível que todos estão bem e eu estou mal. Tem que esquecer o passado e viver o presente”, declarou Guilherme, que garante que está tranquilo, ainda mais depois dos elogios do técnico Cuca na última sexta-feira.

“É um alívio, mais um reconhecimento de que o que estou fazendo é certo. Procuro fazer nos jogos tudo que o Cuca pede. Tenho cumprido uma função importante. Função essa que o Danilinho já fez, hoje faço com o Serginho, o Marcos Rocha. Tenho tentado fazer o meu melhor”, disse.

Com a saída de Danilinho, que teve o contrato rescindo por indisciplina, a tendência é que Guilherme, que figurou no banco de reservas em várias partidas, se torne titular do Atlético-MG, ocupando a faixa direita de campo. Na próxima quarta-feira, quando o Galo encara o Flamengo, no Independência, essa deve ser a função de Guilherme.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade