Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Podendo perder Ronaldinho por 12 jogos, Cuca esboça o Galo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG pode ficar sem seu principal jogador por até 12 rodadas. Isso porque, o craque alvinegro será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por jogada violenta. O lance em questão ocorreu na partida contra o Grêmio, quando Ronaldinho atingiu o atacante Kleber.

O fato curioso é que o árbitro da partida, Héber Roberto Lopes, entendeu que não houve nem falta na jogada, mas a procuradoria do STJD optou por denunciar Ronaldinho com base nas imagens da TV. O juiz do jogo também será julgado justamente pela interpretação que teve do lance, não assinalando a falta.

Nesta quinta-feira, o técnico Cuca comandou mais um treinamento coletivo em preparação para o duelo do próximo sábado, contra o Figueirense, no estádio Independência. Diferentemente do que ocorreu na atividade da última quarta, o treinador alvinegro contou com quase todos os atletas que tem condições de jogo, inclusive, o trio que retornou da Seleção Brasileira: Réver, Marcos Rocha e Bernard.

O detalhe que chamou a atenção foi o desempenho da equipe considerada reserva, que superou os titulares por 5 a 3. O time que iniciou o coletivo foi formado por: Victor; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Júnior César; Serginho, Fillipe Soutto, Guilherme e Ronaldinho; Bernard e Jô.

Os reservas tiveram a seguinte formação: Giovanni; Michel, Leonardo Silva, Richarlyson e Triguinho; Carlos César, Escudero, Danilinho e Juninho; Neto Berola e Leonardo. Para enfrentar os catarinenses, o técnico Cuca não poderá contar com os volantes Leandro Donizete e Pierre entregues ao departamento médico e nem com o zagueiro Leonardo Silva suspenso.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade