Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ronaldinho Gaúcho nega clima de vingança contra o Flamengo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O duelo desta quarta-feira, entre Atlético-MG e Flamengo vai marcar mais um reencontro de Ronaldinho Gaúcho contra o ex-clube. O atleta deixou o time carioca brigado e cobra indenização por quebra de contrato, situação que motivou muitas vaias ao jogador na partida do turno, realizada no Engenhão. R49 afirma que o pensamento é apenas de vencer o jogo, negando qualquer clima de revanche.

“Nada de vingança. É um jogo de muita importância. Tem o mesmo valor, são três pontos. Nossa equipe quer ser campeã. É um decisivo e é um jogo que mais gosto de jogar”, declarou Ronaldinho, que apesar de negar que a partida seja uma espécie de vingança, garantiu que vai entrar em campo com todas as armas possíveis. “Amanhã eu vou com todas as armas que eu tenho”, disse.

Bruno Cantini/CAM
Ronaldinho está processando o Flamengo, mas conta com o apoio da torcida do Atlético-MG nesta quarta-feira
Uma dessas armas com certeza é a torcida do Galo, que tem apoiado muito R49, desde que o craque desembargou em Belo Horizonte. “Eles têm papel importantíssimo nesse meu momento. Se não tivesse apoio dos companheiros e da torcida do Atlético-MG, eu não conseguiria retomar este momento que estou vivendo”, afirmou.

Outro trunfo de Ronaldinho para ajudar o Atlético-MG a somar os três pontos é o fato de o Galo atuar no estádio Independência, local considerado pelo armador como quintal de casa, tamanha é a familiaridade com o campo do Horto, onde R49 já anotou cinco de seus sete gols com a camisa alvinegra. “É como se fosse um quintal da minha casa. Fico à vontade e feliz de fazer o que gosto, isso é um fator que me deixa mais confiante”, garantiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade