Atletismo/Maratona de Nova York - ( - Atualizado )

Furacão atrasa ida de Marílson para Maratona de Nova York

São Paulo (SP)

O furacão Sandy, que causou estragos na Costa Leste dos Estados Unidos, atrasou também a viagem do brasileiro Marílson Gomes dos Santos para a Maratona de Nova York. O fundista iria na terça-feira, mas seu voo foi cancelado e ele só embarca na noite de quinta-feira.

"Eu devia ter ido ontem, mas remarcaram a passagem para amanhã à noite. Enquanto isso vou descansando, que é o que se faz nos dias que antecedem uma maratona", afirmou o brasileiro, bicampeão da Maratona de Nova York.

A tradicional prova norte-americana chegou a ter sua realização ameaçada por conta dos estragos causados pelo furacão Sandy, mas a organização confirmou nesta quarta-feira que a corrida será disputada no próximo domingo.

"Parece que os danos não prejudicaram tanto as ruas por onde passam os corredores. Estou bem e espero um bom resultado”, avaliou Marílson, que viaja sem o técnico Adauto Domingues. Ele vai aos Estados Unidos ao lado de sua mulher, Juliana, deixando no Brasil o filho Miguel. "Ele fica aqui, com os avós, é bem mais seguro", brincou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Marílson venceu duas vezes a Maratona de Nova York e viaja com atraso este ano

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade