Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Boa Esporte faz dever de casa e vence Ceará por 1 a 0, em Varginha

Belo Horizonte (MG)

O torcedor boveta que marcou presença nesta sexta-feira, no estádio Melão, em Varginha, acompanhou um duelo movimentado entre Boa Esporte e Ceará, que terminou com vitória da equipe mineira por 1 a 0. A Coruja do Sul de Minas mostrou mais eficiência para aproveitar as oportunidades e voltou a comemorar uma vitória diante da torcida, depois de amargar um jejum.

O gol do jogo foi anotado pelo volante Everton, que aproveitou ótima assistência de Siloé, para balançar as redes cearenses. Com o triunfo, o Boa Esporte chegou aos 41 pontos e deu um importante passo para eliminar a possibilidade de rebaixamento. No Ceará, o revés deixa o time estacionado nos 45 pontos, sem muitas pretensões na Série B.

Na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B, o Boa Esporte terá compromisso contra o América-RN, jogo marcado para sábado, da semana que vem, no Nazarenão. Já o Ceará vai receber o Avaí no Presidente Vargas, partida confirmada para sexta-feira.

Arte GE.Net
O jogo – Atuando em casa, o Boa Esporte começou a partida pressionando a saída de bola do Vozão e tentando forçar a saída de bola dos cearenses. Acuado no campo de defesa, o time do técnico PC Gusmão adotou a estratégia de atuar de forma compactada e apostando nos contra-ataques em velocidade, quase sempre com perigo.

Aos poucos, o Ceará começou a sair do campo de defesa, equilibrando o duelo, mas a partida apresentou um cenário com poucas emoções nos minutos iniciais. A primeira chance mais aguda foi da equipe visitante, com Márcio Careca, que apareceu bem no campo de ataque, mas a zaga boveta foi eficiente para mandar a para escanteio.

O time do Sul de Minas deu a resposta, aos 15, com o avante Marcelo Macedo, que pegou rebote após cobrança de escanteio e finalizou com enorme perigo, mas errou o alvo. A jogada parece ter acordado o Boa Esporte, que no minuto seguinte teve mais uma oportunidade de abrir o placar com Siloé, que finalizou cruzado, assustando o goleiro Dionantan.

Pressionando bastante, a Coruja voltou a ameaçar com Marcelo Macedo, que acertou a rede pelo lado de fora em um bom ataque. Percebendo o crescimento dos mineiros no jogo, o treinador do Vozão pediu que seus comandados agredissem mais, o que aconteceu aos 27, quando o Ceará encaixou o contra-ataque com Márcio Careca, que obrigou Wilson Júnior a fazer grande intervenção.

Explorando bastante as jogadas pelos lados do campo com Siloé, o Boa Esporte deu muito trabalho para o lateral cearense Paulo Sérgio. Aos 38, de tanto insistir, o Boa Esporte conseguiu chegar ao gol com o volante Everton, que aproveitou assistência de Siloé para fuzilar o canto direito de Dionantan.

Na volta para a etapa complementar, os visitantes pressionaram mais, em busca do empate. Com isso, o panorama da partida se inverteu com o Boa Esporte atuando no contra-ataque. Aos oito minutos, Itamar desviou cobrança de escanteio e Neílson salvou quase em cima da linha.

Os mineiros responderam com o próprio Neílson, que apareceu no campo de ataque e com o gol livre conseguiu mandar sobre o travessão do arqueiro cearense, desperdiçando chance clara de ampliar o marcador. Com o resultado adverso, o Ceará se lançou todo para o ataque e Itamar forçou Wilson Júnior a fazer mais uma excelente defesa.

Após os 30 minutos, o Ceará tomou totalmente as rédeas do jogo, atacando bastante a equipe boveta, que se limitou a defender e a tentar alguns lances esporádicos para anotar o segundo gol. Apesar da pressão, o Ceará não conseguiu empatar o jogo, e teve que se contentar o revés, em Varginha.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade