Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Palmeiras busca primeira vitória sem Valdivia nem Barcos em campo

William Correia São Paulo (SP)

No confronto direto diante do Coritiba contra o rebaixamento, nesta quinta-feira, o Palmeiras busca algo inédito na temporada: vencer sem ter Valdivia ou Barcos em campo. Nesta temporada, o time não pôde contar com nenhum dos dois astros em quatro partidas, e não foi além de três empates e uma derrota – aproveitamento de 25%.

Curiosamente, dois desses quatro jogos sem a dupla foram contra o Coritiba, e em ambos o resultado foi 1 a 1 – os dois duelos foram no Paraná. Um desses empates valeu a conquista da Copa do Brasil, já que, na decisão da competição, o chileno estava suspenso por ter sido expulso na primeira final e o argentino se recuperava de apendicite.

A outra partida sem nenhum deles foi outro 1 a 1, diante do Catanduvense, pelo Paulista, quando Barcos ainda não tinha estreado pelo clube. Já a única derrota com a ausência dos dois ocorreu no 1 a 0 aplicado pela Ponte Preta, então comandada por Gilson Kleina – naquela rodada do Brasileiro, em Campinas, Luiz Felipe Scolari optou por time misto visando as finais da Copa do Brasil.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Valdivia e Barcos vibram com torcida: sem nenhum deles, três empates e uma derrota
Apesar de nunca ter vencido sem Valdivia ou Barcos em campo, a equipe já deveria estar acostumada a não poder contar com ambos juntos. A dupla só foi escalada ao mesmo tempo em 23 das 63 partidas disputadas pelo clube na temporada – o percentual de presença é de 36,5%. O número é pequeno principalmente por conta das lesões do meia, que só atuou em 35 jogos do time no ano, enquanto Barcos defendeu o Verdão em 47 compromissos em campo.

O desempenho do Palmeiras com Valdivia e Barcos juntos seria suficiente para estar fora da zona de rebaixamento. Embora tenha mais perdido do que ganhado com os dois em campo – 11 derrotas, nove vitórias e três empates –, o time ostenta 43,4% de aproveitamento dos pontos disputados com ambos. O percentual é suficiente para ocupar o décimo lugar do Brasileiro.

Estatísticas à parte, Gilson Kleina, pela primeira vez no Palmeiras, não poderá contar com ambos diante do Coritiba, já que Barcos está à disposição da seleção argentina e Valdivia não deve mais atuar neste ano por conta de uma lesão no joelho esquerdo. Tiago Real e Obina, respectivamente, devem ser seus substitutos em Araraquara na busca pelo primeiro triunfo sem nenhum dos dois astros em campo.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade