Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Vasco visita Atlético-GO para se manter forte na briga pelo G-4

Gazeta Press Goiânia (GO)

O Vasco visita o Atlético-GO neste sábado, às 16h20 (de Brasília), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), em confronto válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Embalado pela vitória de 3 a 1 sobre o Figueirense, que o levou aos 47 pontos, o Cruz-Maltino quer o triunfo para se manter na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores, além de seguir sonhando com as remotas chances de conquistar o título. Já o Dragão vive situação muito delicada, já que vem de derrota 2 a 0 para o Náutico e amarga a lanterna com apenas vinte pontos, virtualmente rebaixado para a segunda divisão.

Os vascaínos têm a consciência da importância de uma vitória sobre o Atlético, já que, segundo eles, o Campeonato Brasileiro chega a um momento de definições e um tropeço neste tipo de jogo seria muito complicado.

“Nós estamos conseguindo nos manter na zona de classificação para a Copa Libertadores desde o início da competição e não queremos e nem admitimos perder a vaga neste momento da disputa, onde as coisas começam a se definir. Mas para atingir nossos objetivos temos que pensar em uma partida de cada vez. Portanto, o foco é o Atlético e neste duelo não dá para pensar em tropeço. Vamos em busca de uma vitória”, diz o zagueiro Dedé.

Apesar do pensamento dos vascaínos de que a vitória é o único resultado que interessa neste duelo, eles fazem questão de deixar bem claro que não há nenhum menosprezo ao adversário. Mesmo encarando o lanterna do Campeonato Brasileiro, os cariocas acreditam em um duelo bem equilibrado.

“Nós estamos esperando um jogo complicado, como tem sido a tônica deste Campeonato Brasileiro. Até porque não podemos pensar no que pode acontecer pelo fato de o adversário não estar bem na tabela de classificação. Temos um compromisso com o nosso estilo de jogo, com a nossa maneira de agir dentro de campo e isso é o mais importante”, garante o técnico Marcelo Oliveira.

Sobre o time que vai a campo, o Vasco terá mudanças em relação à formação que derrotou o Figueirense. O meia Carlos Alberto, recuperado de uma infecção no pé esquerdo, volta no posto de Felipe. O lateral direito Jonas e o zagueiro Renato Silva, que cumpriram suspensão contra os catarinenses, reaparecem nas vagas de Luan, que atuou improvisado no setor, e de Fabrício, respectivamente.

Para o lugar do atacante equatoriano Carlos Tenorio, vetado pelo departamento médico por conta de um estiramento na coxa direita, Marcelo Oliveira fez a opção por Eder Luis, que vai compor o setor com Alecsandro. O meia Marlone, destaque das categorias de base e que marcou um golaço na vitória sobre a Ponte Preta na estreia do time na Copa do Brasil Sub-20, chamou a atenção da comissão e foi relacionado por Marcelo Oliveira, que decidiu levar o jogador na viagem para Goiás, como opção no banco.

Pelo lado do Atlético-GO, o técnico Artur Neto promete uma equipe determinada em campo, apesar de o grupo estar abalado pelo fracasso do meio desta semana, quando perdeu por 2 a 0 para a Universidad Católica, no Chile, em duelo pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

“Nós poderíamos ter obtido um bom resultado no Chile, mas pecamos pela falta de regularidade e pagamos caro. Agora, contra o Vasco não podemos cometer os mesmos erros. Mas acredito em uma equipe determinada e ciente de suas responsabilidades”, afirma Artur Neto.

O Atlético tem dois desfalques para esta partida. O lateral direito Marcos e o atacante Diogo Campos, advertidos com o terceiro cartão amarelo contra o Náutico, ficam de fora para cumprir suspensão. Assim, o zagueiro Gilson deverá ser improvisado na lateral, enquanto Ricardo Bueno ganha a vaga no ataque.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), e o Vasco ganhou por 1 a 0, com um gol marcado por Gabriel, contra.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X VASCO-RJ

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 6 de outubro de 2012 (Sábado)
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Ciro Junqueira (TO)

ATLÉTICO-GO: Márcio, Gilson, Gustavo, Reniê e Diego Giaretta; Pituca, Marino, Ernandes e Danilinho; Patric e Ricardo Bueno
Técnico: Artur Neto

VASCO: Fernando Prass, Jonas, Renato Silva, Dedé e Thiago Feltri; Nilton, Wendel, Juninho Pernambucano e Carlos Alberto; Eder Luis e Alecsandro
Técnico: Marcelo Oliveira

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade