Futebol/Campeonato Português - ( - Atualizado )

Aos 36 anos, Petit vira técnico do Boavista, mas não deixa de jogar

Lisboa (Portugal)

Presente nas Copas do Mundo de 2002 e 2006 com a camisa da seleção portuguesa, o meio-campista Petit acumulará funções no Boavista, clube que dispensou Amândio Barreiras em virtude de maus resultados na Segunda Divisão do Campeonato Português. Além de integrante do plantel, o atleta definirá se escala a si próprio, anunciado nesta terça-feira como novo treinador do clube.

Petit fará parte de uma comissão técnica composta por outros ídolos do clube português e já foi oficialmente apresentado na equipe que ocupa o 13º lugar da competição equivalente à Série B. Campeão português de 2011, ele permaneceu duas temporadas no clube antes de ser contratado pelo Benfica, onde viveu os melhores anos da carreira.

Após seis temporadas no Benfica e mais três no Colônia, da Alemanha, Petit voltou ao Boavista em agosto, prometendo jogar por mais uma temporada e encerrar a carreira em 2013. A nova carreira como treinador não deve atrapalhar os planos do meio-campista.

“No futebol não se pensa no futuro, se pensa no presente e é no presente que vou trabalhar para ter conquistas no futuro. Vou continuar dando minha contribuição dentro de campo e espero que as pessoas fiquem ao meu lado nesse novo momento da minha vida”, pediu Petit, em sua apresentação.

AFP
Jogador e agora técnico do Boavista, Petit é ídolo da seleção portuguesa ao lado de Cristiano Ronaldo

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade