Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Sem pensar no Mundial, Tite sonha manter ritmo mesmo com desfalques

São Paulo (SP)

O técnico Tite já avisou que não falará no Mundial de Clubes enquanto o Corinthians não somar 45 pontos no Campeonato Brasileiro e atingir a “zona de conforto” na competição nacional. A seis do número estipulado, o comandante alvinegro deverá trabalhar com um outro fator: os desfalques nas próximas rodadas do Brasileirão.

Já diante do Flamengo, o volante Paulinho, que recebeu o terceiro amarelo diante do Timbu, será desfalque, mas por conta também de sua ida à Seleção Brasileira, para os amistosos contra Iraque e Japão. Nas duas rodadas seguintes, Cachito Ramírez, Paolo Guerrero e Martínez disputarão as Eliminatórias para Copa-2014 por Peru e Argentina, respectivamente, e aumentam os problemas de Tite.

Sem os atletas, além do atacante Emerson Sheik, que será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quarta, e os lesionados Chicão e Jorge Henrique, Tite tenta manter o ritmo de seu time. “É um desafio meu e da minha equipe, de manter o nível de atuação, mesmo com mudanças. Vamos ter que reajustar e tentar continuar com o padrão, como no do segundo tempo com o Náutico”, afirmou.

Flamengo, Portuguesa e Cruzeiro seriam os times que o Corinthians enfrentaria nas próximas rodadas desfalcado, ao menos dos selecionáveis. Caso conquiste duas vitórias nesta sequência, completa o objetivo traçado por Tite e a partir disto começa a pensar apenas no Mundial, a ser realizado em dezembro, no Japão.

“Não podemos pensar no segundo passo antes de dar o primeiro. Entendo a necessidade da pergunta (sobre o Mundial) e eu respondo para não ser mal educado, mas só vamos falar agora do primeiro passo”, decretou o treinador, que voltará aos trabalhos com sua equipe na manhã de segunda-feira, no CT Joaquim Grava.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade