Futebol/Eliminatórias 2014 - ( - Atualizado )

Rússia segura C. Ronaldo e vence Portugal nas Eliminatórias-2014

Moscou (Rússia)

Em um jogo muito fraco tecnicamente, a Rússia conseguiu parar a estrela de Cristiano Ronaldo e vencer Portugal por 1 a 0, na tarde desta sexta-feira, no Estádio Luzhniki, em Moscou, pela terceira rodada do Grupo F das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Kerzhakov, no início do primeiro tempo, marcou o único gol deste encontro.

No primeiro tempo, Portugal, melhor tecnicamente, tinha a maior posse de bola e tomava a iniciativa no jogo. No entanto, a forte marcação da Rússia, que era eficiente no bloqueio da saída de bola adversária e nas várias faltas no meio-campo, interrompendo o jogo, era empecilho para os portugueses. Cristiano Ronaldo e Nani, como de costume, eram os principais alvos dos defensores.

Logo aos seis minutos, o atacante Aleksandr Kerzhakov, do Zenit, recebeu um bom passe na área, limpou o marcador e mandou a bola para o fundo da rede do goleiro Rui Patrício, abrindo o placar. Depois deste gol, a seleção russa se recuou e passou a investir nos contra-ataques. Enquanto isto, os rubro-verdes tentavam superar a retranca.

Sem sucesso, Portugal só teve uma escolha: apelar para as inúmeras bolas alçadas na área, com o centroavante Hélder Postiga como alvo. A estratégia não deu certo e os lusitanos pouco ameaçaram a meta do arqueiro Akinfeef, exceto aos 14 minutos, quando Miguel Veloso cobrou falta e Bruno Alves apareceu, livre, para cabecear firme e ver Akinfeev espalmar no reflexo.

Kherzhakov continuou sendo o mais perigoso pelo lado mandante. Aos 32, o atacante assustou os portugueses mais uma vez, mas a bola passou por cima do travessão. Com este panorama, as duas equipes foram para o intervalo com a vantagem russa no placar, em um jogo marcado muito mais pela disposição tática do que pela técnica.

AFP
Cristiano Ronaldo lamenta durante derrota portuguesa em Moscou; astro do Real, marcado, não foi bem
Querendo definir a vitória jogando em seus domínios, os russos partiram para o ataque na etapa final e deixaram mais espaço para a seleção portuguesa no meio-campo. Mesmo trocando passes com mais frequência, os rubro-verdes, sem inspiração, passaram a arriscar nos chutes de fora da área de Cristiano Ronaldo. E não deu certo.

Em um contra-ataque, a Rússia quase matou o jogo: em uma rápida jogada, o atacante Aleksandr Kokorin saiu na cara de Rui Patrício e rematou, mas o goleiro do Sporting fez linda defesa e evitou mais um tento russo. No rebote, Shikorov pegou mal na bola, que passou à direita do arqueiro. As chances pararam por aí e a Rússia conseguiu segurar o triunfo.

Com esta vitória, a terceira consecutiva, os russos se isolaram na liderança do Grupo F, com nove pontos. Na próxima terça-feira, a Rússia voltará a campo, em mais um jogo em seu território, mas desta vez contra o Azerbaijão. Já Portugal vem logo atrás, com seis pontos, somou a sua primeira derrota nas Eliminatórias-2014 e enfrentará a Irlanda do Norte, na terça, em casa.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade