Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

'Assunção do Vasco', Juninho demanda cuidado especial no Tricolor

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Após evitar os perigos de Marcos Assunção no clássico contra o Palmeiras, o São Paulo já tem outro batedor de falta com que se preocupar nesta quarta-feira, quando enfrenta o Vasco, em São Januário: Juninho Pernambucano.

No jogo de sábado, o volante palmeirense teve apenas uma boa chance da meia direita, porém carimbou a barreira e viu o goleiro Rogério Ceni completar o serviço. Em São Januário, a ideia do time tricolor é de novo evitar cometer faltas próximas à área, as quais o meia cruz-maltino não costuma desperdiçar.

"É um excelente cobrador, bate muito bem na bola. Temos que ter cuidado maior com ele, assim como tivemos com o Assunção", receita o marcador Denilson, jogador mais faltoso e com mais cartões recebidos do elenco. Na quarta-feira, ele terá novamente a companhia de Wellington.

O novo parceiro de meio-campo, a propósito, reforça a necessidade de atenção especial a Juninho Pernambucano. "Porque é diferenciado, experiente", explica Wellington, que, bem fisicamente depois de seis meses parado por cirurgia no joelho esquerdo, parece ter retomado a titularidade em definitivo, deixando o meia Maicon na reserva.

Mas não é só o Reizinho de São Januário que preocupa. Denilson cita outros jogadores que merecem marcação de perto no duelo. "O Alecsandro, dentro da área, também sabe fazer muitos gols. Tem Carlos Alberto, Eder Luis, enfim, jogadores que têm nome", adverte o camisa 15.

O confronto com o Vasco, marcado para 22 horas (de Brasília) de quarta-feira, pode ser decisivo na luta entre ambos pela vaga na Copa Libertadores. O time carioca tem quatro pontos a mais e é o último time do grupo de classificação para o torneio continental.

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade