Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Definido rival, técnico são-paulino já mira voltar do Chile com gol

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O São Paulo conheceu na quinta-feira seu adversário nas quartas de final: será a Universidad do Chile, que eliminou o Emelec ao vencer por 1 a 0 o jogo de volta, no Equador. O primeiro embate da próxima fase será na próxima quarta-feira, em Santiago.

Assim como ocorreu nos jogos de ida contra Bahia (2 a 0) e LDU de Loja (1 a 1), o técnico Ney Franco espera retornar à capital paulista com gol marcado fora de casa. Diante do último adversário, a propósito, foi isso que garantiu a classificação são-paulina.

"Será mais um jogo contra uma equipe forte. Vamos ter que trabalhar muito depois do jogo contra o Sport para conseguir um bom resultado lá. De preferência com gol", disse o treinador, que apostava na passagem do Emelec às quartas.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Ney Franco já projetou a viagem da próxima semana para o Chile para enfrentar o Universidad, nas quartas
"La U é a atual campeã da Sul-americana, fez um bom jogo ontem (quinta-feira). Pelo empate por 2 a 2 em casa, no momento de interpretar quem passaria, eu entendia que a tendência é de que fosse o Emelec, pelos gols fora de casa", admitiu.

A delegação viaja ao Chile em voo fretado na segunda-feira, provavelmente à tarde. Antes disso, o time entra em campo às 18h30 (de Brasília) deste sábado, contra o Sport, no Recife, pelo Campeonato Brasileiro.

Enquanto na Sul-americana o objetivo é somente o título, única condição que dá vaga na próxima edição da Copa Libertadores, no Brasileiro a meta é terminar no G-4, outra opção para voltar a disputar o principal torneio continental. Neste momento, o São Paulo é justamente o quarto colocado, cinco pontos acima do Vasco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade