Motor/Stock Car - ( - Atualizado )

Mesmo com o 22º lugar, Barrichello considera estreia “divertida”

Curitiba (PR)

A estreia de Rubens Barrichello na Stock Car não aconteceu do jeito que ele planejou. Largando na 15ª colocação, ele foi atrapalhado por uma confusão na largada da prova que o deixou para trás no grid, situação que ficou pior depois que o carro da Medley/Full Time teve um dos pneus furados, forçando uma parada nos boxes.

"Foi muito divertido, uma pena o enrosco na largada. Estava parecendo estacionamento de shopping center, aquele freia e acelera, mas de repente levei uma pancada na traseira que entortou o carro. Perdi o rádio logo na segunda volta. Quando o pneu furou, não tive como dizer à equipe que eu queria a troca dos quatro pneus. Como trocaram um só, o carro ficou desequilibrado", disse.

Mesmo com esses inconvenientes, que o fizeram terminar a prova no Autódromo Internacional de Curitiba, disputada na manhã deste domingo, na 22ª colocação, Rubinho aprovou a sua primeira participação na categoria. "De qualquer forma, a experiência foi válida. Hoje pude sentir toda a diferença que existe em andar num carro fechado, usar o botão do push", completou.

O vencedor na capital paranaense foi o piloto Átila Abreu, da Mobil Super Pioneer Racing, que liderou a prova de ponta a ponta. Ele chegou a ser pressionado pelo segundo colocado Allan Khodair, mas conseguiu segurar a primeira colocação.

"A gente vinha batendo na trave há algum tempo e esse resultado veio numa hora boa. O carro vem melhorando desde as últimas etapas, mas fiquei surpreso com o ritmo do Khodair. Achei até que não conseguiria segurá-lo, mas no fim virou um jogo de xadrez quando nós dois passamos a usar o push", analisou o vencedor.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade