Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Técnico do Dragão rechaça boa atuação motivada por ‘mala branca’

Belo Horizonte (MG)

Depois de mais uma boa partida na reta final do Campeonato Brasileiro mesmo já rebaixado para a Série B, o técnico Jairo Araújo valorizou o emprenho de seus jogadores no empate por 2 a 2 com o Atlético-MG em Belo Horizonte. Apesar das especulações, o treinador nega que o Atlético-GO tenha recebido incentivos de rivais dos mineiros para ‘engrossar’ na partida deste domingo.

Na última rodada, os goianos já haviam surpreendido o Santos ao vencer por 2 a 1 e voltaram a aprontar neste final de semana ao quase tirarem a invencibilidade do Galo na Arena Independência. Apesar dos elogios do técnico Cuca os boatos sobre ‘mala branca’ para o elenco rubro-negro aumentaram após declarações de Adriano, já que o lateral admitiu que gostaria de receber dinheiro extra por um bom resultado.

“Não teve mala branca. Um atleta nosso comentou sobre esse assunto, mas era para uma situação hipotética. A gente apenas está encarando cada jogo com seriedade e respeitando a camisa do Atlético-GO. Foi o que aconteceu nas últimas rodadas, todos tiveram muito empenho”, destacou.

Para Jairo Araújo, o fato de já estar rebaixado não atrapalhou a evolução tática do elenco do Dragão na reta final do Brasileiro. “Melhoramos muito na marcação e no posicionamento. Nosso time já sabe suportar a pressão, como foi contra o Galo. A recomposição é mais rápida, a gente dá menos espaços e consegue atuar de maneira competitiva”, ressaltou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade