Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Jô quer artilharia do Galo e promete conversa por permanência de R49

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Autor de dez gols no Campeonato Brasileiro, o avante Jô ainda briga para ser artilheiro do Atlético-MG na temporada. André, negociado com o Santos, já anotou 14 gols no ano com a camisa do Galo, mas teve uma quantidade de partidas superiores a do atacante Jô. O número 32 do Atlético-MG afirma que o objetivo maior é buscar o vice-campeonato, mas não descarta marcar os gols para ajudar a equipe a atingir os objetivos.

“A minha função é tentar fazer os gols. Cheguei bem depois do André, ele disputou o Campeonato Mineiro todo. Entrei depois, mas agradeço aos companheiros por ter conseguido fazer os gols. Só quero ajudar a equipe a atingir a segunda colocação e, com gols é ainda melhor, já que é a minha função, a função do atacante”, declarou.

Jô ainda elogiou a estrutura do Atlético-MG e agradeceu o apoio que vem recebendo da torcida. “A torcida acabou me apoiando, estava um pouco desconfiada, mas consegui apresentar meu futebol e conquistei o torcedor. Se algum jogador vier me perguntar, posso falar com toda certeza que é o clube onde você trabalha em paz”, disse.

Amigo de Ronaldinho Gaúcho, Jô promete tentar convencer o jogador a ficar no Galo em 2013. “Por mim, eu quero que ele fique, como amigo. Além de ser uma boa pessoa, é um jogador que nos ajudou bastante, dispensa comentários. Vou tentar convencer para que ele fique. Primeiro é amizade, para manter a parceria que temos, que é bem bacana. Mas o presidente também tem que convencer. Mas o Ronaldo é fácil lidar com ele”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade