Basquete/Campeonato Paulista feminino - ( - Atualizado )

Santo André e São José ganham e empatam semis do Paulista feminino

Americana (SP)

Na noite desta terça-feira, o Santo André/Semasa igualou a série válida pelas semifinais do Campeonato Paulista feminino de basquete, ao derrotar a equipe do Americana pelo placar de 60 a 51. O jogo foi disputado no ginásio Municipal Milton Fenley Azenha, na cidade de Americana (SP). Com o resultado, a série melhor de cinco partidas fica empatada em 1 a 1.

Até o terceiro quarto, o duelo foi se desenvolvendo da mesma forma do que no jogo número 1, com as donas da casa mantendo a liderança do marcador e as visitantes tentando encostar. Porém, desta vez, no último período, o Santo André/Semasa buscou a recuperação e confirmou o triunfo.

Kátia, com 19 pontos e sete assistências, foi a cestinha da partida e ajudou o Santo André a conquistar a vitória. Micaela, responsável por 14 pontos e sete rebotes, também teve boa atuação pela equipe do Grande ABC. Do lado do Americana, Karen Gustavo, com 17 pontos, três rebotes e três assistências, e Clarissa do Santos, que saiu de quadra com 15 pontos, foram as melhores.

“Os confrontos entre estas equipes são sempre equilibrados, mas conseguimos a vitória nos detalhes. No primeiro confronto, Americana teve uma melhor sorte, especialmente no quarto final, quando acertou várias bolas de três pontos. Neste segundo jogo, a sorte foi para o nosso lado”, destacou a técnica Laís Elena, do Santo André.

Já Luiz Zanon, comandante do Americana, fez criticas à sua equipe. “Mais uma vez atuamos de forma apática, com insegurança e isso favoreceu o Santo André. Faltou um pouco de pontuação, já que estivemos abaixo do nosso normal no ataque. Perdemos a vantagem que conquistamos na primeira fase, mas vamos lutar para vencer fora de casa”, frisou o técnico.

No outro confronto das semifinais do Paulista feminino, o São José/Colinas Shopping também conseguiu deixar tudo igual na série depois de superar o Ourinhos Basquete por 55 a 50, em partida realizada no ginásio da ADC General Motors, em São José dos Campos (SP).

O duelo teve muita marcação e foi equilibrado, o que pode ser percebido pela baixa quantidade de pontos no placar. O terceiro quarto fez a diferença a favor do time da casa.

Flávia, com 23 pontos e quatro rebotes, e a cubana Ariadna, responsável por dez pontos e quatro assistências, foram as melhores jogadoras do time da casa. Já do lado do Ourinhos, Patrícia Chuca, que saiu do jogo com um double-double de 18 pontos, dez rebotes e três assistências, e a cubana Plutin Tizon, que também teve dois dígitos em dois fundamentos, anotando 14 pontos, 12 rebotes, se destacaram.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade