Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Audiência entre Fla e R49 é suspensa para tentativa de novo acordo

Rio de Janeiro (SP)

O primeiro embate direto na esfera jurídica entre Flamengo e Ronaldinho Gaúcho não teve uma definição. No encontro da manhã desta quinta-feira, no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ), as partes optaram pela suspensão do processo. Agora, haverá a busca de um acordo nos próximos 15 dias.

O meia, hoje no Atlético-MG, processou o clube carioca em um total de R$ 55 milhões, por rescisão de contrato e a acusação de danos morais. O jogador, que passou pela Gávea entre 2011 e o primeiro semestre de 2012, foi dispensado após atritos com a diretoria rubro-negra, acusada de não lhe pagar os salários previstos no contrato.

Depois de deixar o Flamengo, Ronaldinho Gaúcho ainda viu a presidente Patrícia Amorim e o diretor de futebol Zinho revelarem, publicamente, a insatisfação com as condutas do meia, justificando o processo por danos à imagem.

Divulgação/Flamengo
Ronaldinho não se entendeu com a diretoria do Flamengo, deixou o clube e o processou em R$ 55 milhões

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade