Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

América-MG nega obras para aumento de capacidade do Independência

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Nas últimas semanas foi especulado que a Arena Independência poderia vir a aumentar a sua capacidade total, de 23 mil para 40 mil. Ainda segundo especulações, as obras no estádio começariam em dezembro.

O América-MG, porém, afirma desconhecer qualquer obra e, como proprietário, alega que é necessário o consentimento do clube para qualquer alteração nas dependências do estádio.

Sem o Mineirão, que passa por obras para receber os jogos da Copa das Confederações, em 2013, e Copa do Mundo, em 2014, além do América-MG, Cruzeiro e Atlético-MG tem mandado seus jogos no Independência.

Confira a nota oficial do América-MG na íntegra:

O América Futebol Clube, legítimo proprietário do Estádio, vem esclarecer que:

1. Toda e qualquer alteração no patrimônio do América, do qual o Estádio Independência faz parte, deve ser submetida ao Conselho Deliberativo para análise e decisão. Nenhuma obra poderá ser erguida no Estádio Independência sem a formal e expressa autorização do seu proprietário, conforme consta no termo de cessão do imóvel para o Governo de Minas Gerais.

2. O América Futebol Clube não foi consultado oficialmente pelo Governo do Estado ou pela Concessionária – Arena Independência Operadora de Estádios, sobre a possibilidade de realizar obras no Estádio Independência.

Divulgação/América Mineiro
O Independência recebe jogos das Séries A e B do Brasileiro, por conta da reforma do Mineirão

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade