Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Arena do Grêmio chega ao último mês antes de sua inauguração

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A contagem regressiva está acabando. Após dois anos e dois meses de expectativa, o torcedor do Grêmio já sente o gostinho de ter um estádio novo em folha se tornar realidade. A Arena, que promete ser o complexo mais moderno da América Latina, está a um mês de sua inauguração.

O evento do próximo dia 8 de dezembro começará às 20 horas (de Brasília), com apresentações que prometem emocionar os gremistas que forem ao bairro de Humaitá, no limite de Porto Alegre com a cidade de Canoas. Às 22h30, Grêmio e Hamburgo fazem o primeiro jogo do novo estádio, revivendo o duelo da maior glória da história do Tricolor Gaúcho: a conquista do Mundial Interclubes de 1983.

Se as obras da Arena seguem a todo vapor, o mesmo não se pode dizer do entorno do novo estádio. Novas avenidas, mais largas, capazes de acomodar carros para mais de 60 mil pessoas, ainda não foram construídas, o que deve dificultar o acesso do torcedor nos primeiros meses de vida do complexo. Mesmo assim, isso não é motivo para afastar os gremistas do evento: dos 60,7 mil lugares disponíveis, restam somente 15 mil.

Lucas Uebel/GFBPA
O novo estádio do Grêmio recebe os últimos detalhes para ser inaugurado, no próximo dia 8 de dezembro
Logo em seu primeiro mês de vida, a Arena já poderá receber três partidas. Além do amistoso entre Grêmio e Hamburgo, o Jogo Contra a Pobreza, que reunirá craques como Ronaldo e Zidane, está confirmado para o dia 19 de dezembro. Caso o Tricolor chegue à decisão da Copa Sul-Americana, poderá também disputar uma das finais em sua nova casa – embora o Olímpico também tenha possibilidade de ser a sede escolhida para a partida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade