Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Criciúma espera por ‘sim’ de Comelli para planejar próxima temporada

Criciúma (SC)

Com o acesso garantido à elite do futebol, o Criciúma tem dificuldades para iniciar de vez seu planejamento para a próxima temporada. Sem saber se o técnico Paulo Comelli irá permanecer em 2012, a diretoria do clube prefere esperar definições no caso para evitar problemas com um possível novo treinador.

Se por um lado ainda não vai em busca de reforços, o Tigre já tem uma extensa lista de dispensados. Depois de o goleiro Douglas Leite, os zagueiros Dalton e Raul, os volantes Rodrigo Possebon, Itaqui e Matheus, o meia Giovanni Augusto e o atacante Rodrigo Tiuí, foi a vez de o centroavante Gilmar assinar sua rescisão com o Tricolor.

Apesar das saída destes jogadores, pouco utilizados na temporada, o Criciúma também trabalha na manutenção de alguns destaque da equipe. Os zagueiros Ozéia, Nirley e Matheus Ferraz, o lateral esquerdo Marlon, o volante França, o meia Válber e os atacantes Lucca e Zé Carlos.

Problemas - Além de danificar cadeiras no estádio da Ressacada durante o clássico da última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, gerando prejuízos de R$ 30 mil, parte da torcida do Criciúma terá de enfrentar problemas com a justiça.

Após confusão com policiais militares, três tricolores foram denunciados e aceitaram converter um possível processo judicial em punições. Nas oito primeiras rodadas da Série A de 2013, o trio de torcedores terá de comparecer à Central de Polícia de Criciúma, além de pagamento de multas à entidades beneficentes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade