Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Duelo com o São Paulo pode ter sido o último de Roger no Majestoso

Campinas (SP)

A saída de campo de Roger, aos 33 minutos do segundo tempo do empate em 0 a 0 da Ponte Preta com o São Paulo, neste domingo, acabou denunciando o futuro do centroavante. Após beijar o escudo do clube e ser aplaudido pelos torcedores que compareceram ao estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso, o atacante revelou que não deve permanecer em Campinas na próxima temporada.

“Foi em tom de despedida mesmo, esse é o meu último jogo aqui. A diretoria já me passou que não pretende contar comigo em 2013. Gostaria de agradecer a todos que confiaram no meu trabalho”, analisa o camisa nove.

Roger fez em 2012 a sua terceira passagem pela Macaca, clube em que foi revelado e estreou como profissional entre 2003 e 2005 – o atacante retornaria pela primeira vez dois anos após a sua saída para o São Paulo.

Gazeta Press
Roger comemora vitória sobre o Corinthians nas quartas-de-final do Paulistão: atacante está de saída da Ponte
“Foi uma volta muito positiva Estou feliz com o ano. A Ponte e torcida seguem no meu coração. Vou ficar com saudade de tudo isso, mas quero deixar claro que não foi a minha vontade e sim da diretoria”, revela.

Segundo o próprio jogador, outros clubes da Série A do Campeonato Brasileiro tem interesse em sua contratação. Quando questionado se gostaria de atuar ao lado de Neymar no ataque santista, Roger desconversou. “Não sei se é para o Santos que eu vou. Tem a chance, mas vamos esperar”, confessa.

Durante a sua atual passagem pela Ponte, Roger foi muitas vezes perseguido por conta da sua passagem pelo rival Guarani em 2010, clube ao qual quase acertou o seu retorno no início do ano, antes de acertar com a Macaca. Apesar disso, o atacante foi o artilheiro do time na temporada, com 16 gols, e participou ativamente das campanhas de sucesso da equipe no Campeonato Paulista e no Brasileirão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade