Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Especulações sobre saída irritam Abel Braga: "Só tenho uma conduta"

Rio de Janeiro (RJ)

Cada vez mais próximo de conquistar seu primeiro Campeonato Brasileiro como treinador, Abel Braga achou um motivo para se irritar nos últimos dias. O treinador do Fluminense, que geralmente concede sua coletiva semanal às sextas-feiras, antecipou a entrevista para negar  os rumores de que já teria assinado um pré-contrato para dirigir o Internacional na próxima temporada. O vínculo entre Abel e a equipe das Laranjeiras se encerra no final do ano.

“Por todos os lugares que passei, só tive uma conduta, tanto como treinador quanto como atleta. Já fui procurado pelo Fluminense, mas disse que não iria falar sobre contrato porque o clube está muito acima dos meus propósitos. Nada vai o tirar meu foco. Claro que no Inter as pessoas têm um carinho muito grande por mim, e a recíproca é verdadeira. Mas comigo é tudo muito claro e simples. Quando terminar o Brasileiro, vou medir os prós e contras. Se os prós forem maiores, renovarei. Se não forem, não renovo. Simples assim”, disse Abel nessa quarta-feira.

O “carinho” ao qual Abel se referiu vem desde 2006, quando o Colorado foi campeão da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes sob seu comando. O treinador, inclusive, chegou a citar a maneira como renovou o contrato com a equipe gaúcha após as conquistas para se defender das especulações.

“A mesma coisa aconteceu com o Inter depois que eu conquistei a Libertadores. Não falei de contrato, mas renovei no ônibus, depois da final do Mundial, voltando para o Brasil”, disse.

Com Abel no banco, o Flu tem chances de ser campeão brasileiro já neste domingo, em partida contra o Palmeiras, marcada para as 17 horas (de Brasília) em Presidente Prudente (SP). Nove pontos à frente do vice-líder Atlético-MG, o Tricolor erguerá a taça caso empate com a equipe paulistana e o Galo seja derrotado pelo Vasco.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade