Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Juninho Pernambucano deve anunciar futuro na segunda-feira

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Com a temporada do Vasco praticamente encerrada, o foco das atenções é o meia Juninho Pernambucano. Principal ídolo do atual elenco, o jogador, assediado por clubes do exterior e pelo Atlético-MG, irá anunciar seu futuro na semana que vem.

Com fadiga muscular, o camisa 8 não atua na reta final do Campeonato Brasileiro e já está de férias. O seu empresário, José Fuentes, está no Rio de Janeiro e deverá dar uma entrevista coletiva no início da próxima semana para anunciar a decisão do jogador. Caso o Reizinho deixe o clube, Bernardo surge como provável substituto. Emprestado ao Santos, ele deve retornar para a próxima temporada.

A ideia é que nenhuma medida seja tomada antes do término do Brasileirão. O Cruz-maltino se despede da competição no próximo domingo, às 17 horas (de Brasília), quando encara o Fluminense no Engenhão.

Marcelo Sadio/Divulgação/Vasco da Gama
Juninho pode não atuar mais pelo Vasco
Em conversa com alguns amigos, Juninho Pernambucano dá a entender que dificilmente vai trocar o Vasco por outra equipe do futebol brasileiro. O jogador não quer destruir a imagem de ídolo que o consagrou em São Januário.

Além disso, como tem planos para o futuro dentro do futebol, como na área de gestão, o Reizinho vê São Januário como um começo natural quando pendurar as chuteiras. Assim, dificilmente vai ceder ao bom salário que lhe foi oferecido por Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG.

Porém, a permanência em São Januário também não é certa. Os constantes atrasos salariais e as indefinições financeiras do clube o desanimam bastante. O Reizinho não gosta de acompanhar de perto o sofrimento dos funcionários do clube, os que mais sofrem com a falta de pagamento, além dos problemas dificultarem a formação de um time competitivo par 2013.

Neste cenário, Juninho começa a trabalhar com a possibilidade de retornar para o exterior. O Reizinho tem sondagens de clubes da França e do Oriente Médio, mas descartou esse segundo destino. Um convite para disputar a Liga dos Estados Unidos também mexeu com o jogador e se tornou uma saída providencial caso ele deixe a Colina.

Se Juninho ainda está em dúvida, o presidente Roberto Dinamite e o diretor técnico Ricardo Gomes estão dando entrevistas dizendo que confiam plenamente na permanência do jogador para a próxima temporada. O segundo, inclusive, é visto como um trunfo para convencer o Reizinho, já que os dois são amigos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade