Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Justiça troca estádio por terreno para pagar as contas do Guarani

Campinas (SP)

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) publicou em seu site oficial a decisão sobre o pedido de substituição do bem a ser penhorado pelo Guarani. A Justiça do Trabalho acatou ao pedido do departamento jurídico do Bugre, que pedia a troca de seu estádio estádio por um terreno como garantia do pagamento de uma dívida de R$ 14 milhões do clube.

O terreno que será leiloado no lugar do Brinco de Ouro da Princesa fica às margens da Rodovia dos Bandeirantes e seria utilizado pelo clube para a construção de um Centro de Treinamento. O presidente do Guarani, Marcelo Mingoni, ‘comemorou’ a decisão em que o time terá o prejuízo menor.

“Depois de tantos dias com a gente sem dormir, nós conseguimos tirar o Brinco de Ouro do leilão e passar para o terreno que o Guarani tem na Bandeirantes. Eu acho isso muito bom, porque naquele terreno não temos projeto nenhum e o nosso estádio é nossa casa”, declarou.

Na Série B do Campeonato Brasileiro, com 41 pontos e na 15ª posição, o Guarani luta para se distanciar da zona de rebaixamento e garantir a permanência para a temporada 2013.

Estádio do Guarani é penhorado

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade