Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Presidente da FPF, Del Nero presta depoimento na Polícia Federal

São Paulo (SP)

Presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), vice da CBF e membro do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014, Marco Polo Del Nero prestou na manhã desta segunda-feira depoimento na Polícia Federal. Em nota divulgada no site da FPF, o dirigente alegou que o chamado não teve relação com seus trabalhos na federação, nem revelou qual o tema tratado ao depor.

“Conhecido advogado criminalista, Marco Polo Del Nero prestou depoimento regulamentar na Polícia Federal, sendo liberado em seguida”, explica a nota. Ao explicar a situação, o dirigente afirmou que foi pego de surpresa com a ida da polícia em sua casa na madrugada, em busca de documentos e computadores. Em entrevista ao Bandsports, ele garantiu não ter feito erro algum.

“Foi por motivo particular, não teve nada a ver com futebol. De uma certa forma, é um desconforto a polícia ir a sua casa. Mas quando você tem a vida absolutamente tranquila e nada a temer, eu fiz os esclarecimentos à Polícia Federal e eles vão entender. Já fiz esclarecimentos e estou apto a fazer minhas atividades. Foi uma denúncia sem fundamento”, afirmou ao canal.

Esperava-se que Marco Polo Del Nero participasse da abertura da Soccerex (marcada para ocorrer entre as 10 e 11 horas desta segunda), evento que acontece nesta semana, no Rio de Janeiro, mas o depoimento atrapalhou sua agenda. Apesar da falta, espera-se que o presidente da FPF apareça ainda nesta segunda no local.

Polícia Federal confirma que investiga evasão fiscal - Uma entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira à tarde confirmou que as investigações envolvendo Marco Polo Del Nero estão ligadas a grupos acusados de evasão fiscal e quebra de dados sigilosos. Segundo o portal R7, ao menos dez policiais e membros de um escritório de advocacia serão ouvidos pelas autoridades no caso. Já a situação do dirigente da FPF e CBF foi mantida em sigilo pelos investigadores.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Presidente da FPF, vice da CBF e membro do COL, Del Nero garantiu não ter feito nada de errado após depor
Veja a nota divulgada por Del Nero na íntegra:

Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol, esclarece que foi surpreendido em uma operação da Polícia Federal durante esta madrugada em sua residência, em busca de documentos não relacionados à sua atividade na entidade e de seu escritório de advocacia.

Conhecido advogado criminalista, Marco Polo Del Nero prestou depoimento regulamentar na Polícia Federal sendo liberado em seguida. O teor do depoimento segue em sigilo de justiça.

Marco Polo Del Nero

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade