Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Rojão no gramado rende pesada punição ao Zenit no Campeonato Russo

São Petesburgo (Rússia)

O comportamento da torcida do Zenit levou a Federação Russa de Futebol a agir de forma enérgica para coibir novos incidentes no Campeonato Nacional. Após membros de uma organizada lançarem um rojão no gramado e atingirem o rosto do goleiro Shunin, do Dínamo Moscou, a entidade decretou que o clube perderá o mando de dois jogos, arcará com uma severa multa e ainda sairá derrotado do confronto que foi adiado.

Desta forma, a equipe do brasileiro Hulk teve um revés por 3 a 0 computado na tabela de classificação e terá de abrir os cofres para arcar com os 15 mil euros (cerca de R$ 40 mil) da punição. Além disso, o Zenit não poderá enfrentar o CSKA Moscou e o Anzhi com a presença de seu torcedor. A medida compromete o planejamento da comissão técnica e prejudica o clube na busca pelo título nacional.

“Nós não entendemos por que o Zenit deveria ser responsabilizado. O Dínamo cuidou da entrada dos torcedores no estádio e também da venda de ingressos. Se ações forem tomadas contra o Zenit, é possível que a gente decida tirar o clube do campeonato”, disse o diretor Maxim Mitrofanov, que se irritou com o fato de o Dínamo Moscou ter optado pelo cancelamento da partida após o incidente com seu goleiro.

O Zenit vencia o duelo por 1 a 0 quando a torcida resolveu soltar o rojão perto de Shunin. O arqueiro sofreu uma queimadura na córnea e precisou ser hospitalizado para se recuperar completamente. Como a atitude de interromper o duelo partiu do Dínamo, a Federação Russa decidiu que o clube da capital arcará com uma multa de 14 mil euros (aproximadamente R$ 37 mil).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade