Futebol/Seleção Brasileira - ( )

Ronaldo vê “pior momento” do futebol brasileiro e pede reciclagem

Helder Júnior São Paulo (SP)

Presente no anúncio dos candidatos ao prêmio de melhor jogador do mundo, em São Paulo, Ronaldo lamentou o fato de nenhum brasileiro integrar a relação de candidatos que conta com o argentino Lionel Messi, o português Cristiano Ronaldo e o espanhol Andrés Iniesta. Para o ex-atacante, a lista reflete o mau momento do futebol brasileiro.

Ronaldo quer ver Neymar na Europa

“Isso só confirma o que venho falando. O Brasil atravessa uma entressafra. É hora de reciclar. Temos grandes talentos, um deles foi lembrado entre os candidatos à seleção da Fifa, mas obviamente o nosso futebol não vive o seu melhor momento. Talvez seja o pior momento da história”, criticou Ronaldo.

O ex-jogador se referiu a Neymar quando mencionou o atleta que concorre à seleção dos destaques de 2012. O atacante do Santos também disputa (já venceu no ano passado) o Prêmio Puskas de gol mais bonito do ano, por uma das jogadas que protagonizou na vitória por 3 a 1 sobre o Internacional, pela fase de grupos da última Copa Libertadores da América.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Ronaldo e Joseph Blatter concordaram sobre o mau momento atravessado pelo futebol do Brasil
Ao lado de Ronaldo (que é membro do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014) em São Paulo, Joseph Blatter não quis alimentar muita polêmica com o Brasil. O presidente da Fifa evitou fazer críticas diretas quando questionado sobre o nível do futebol nacional.

“Sou um especialista técnico e tático de futebol, mas, depois de ouvir o que essa lenda disse, devo confiar. Ronaldo, você está absolutamente certo. Não consigo acompanhar todas as nossas federações filiadas, mas o Ronaldo já falou tudo. Eu não poderia ter dito melhor”, desconversou Blatter, sorrindo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade