Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Sem clube, Rivaldo pensa em "outros projetos, mas fora de campo"

Recife (PE)

Rivaldo já está no Recife para aproveitar este final de ano com a sua família. Mas em carta aberta, o meia voltou a exaltar a passagem por Angola, onde defendeu o Kabuscorp nesta temporada. O jogador comemorou a boa relação que teve com angolanos, que fizeram o país africano “a segunda casa”.

“Este foi um ano muito positivo na minha carreira. Fiz várias amizades e conheci uma outra cultura. Fico feliz por deixar a minha marca. Angola entrou na minha vida de uma forma muito especial. Quero ter um vínculo com esta nação”, assegurou Rivaldo.

Com 40 anos e campeão da Copa do Mundo de 2002 com a Seleção Brasileira, Rivaldo não especificou seu futuro, mas admitiu que pensa em “outros projetos, fora de campo”. De acordo com as informações da imprensa pernambucana, o Santa Cruz, clube que o revelou, tem o interesse nele.

Reprodução/Instagram
Rivaldo demonstrou o seu sentimento por Angola, país que o acolheu nesta temporada, e falou definiu futuro

Pelo Girabola, o Campeonato Angolano, Rivaldo foi eleito o melhor atleta estrangeiro, após ter marcado 11 gols em 21 jogos. O meia foi o terceiro colocado na tabela de artilharia do Nacional, mas, após diferenças com o técnico do time, chegou a ficar no banco de reservas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade