Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Torcedores do Vitória protestam e agridem zagueiro durante embarque

Salvador (BA)

O embarque do Vitória para São Paulo realizado na tarde desta sexta-feira, no Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, foi cercado do tensão. Aproximadamente 60 torcedores compareceram para protestar contra a queda de rendimento da equipe nas últimas rodadas.

Assom que chegaram ao aeroporto e desceram do ônibus, os jogadores ouviram gritos de “mercenários”, xingamentos e ameaças. O zagueiro Gabriel Paulista, um dos primeiros a descer, chegou a sofrer alguns socos. O volante Uelliton foi outro jogador bastante criticado pelos torcedores.

Com o início da confusão, a maioria dos atletas optou por permanecer no ônibus até a chegada da polícia. O goleiro Deola, o volante Michel e o atacante William ainda tentaram acalmar, sem sucesso, os torcedores mais exaltados, que acusavam os atletas de estarem cobrando da diretoria rubro-negra um “bicho” de R$ 5 mil por cada triunfo conquistado.

Por fim, a polícia acabou decidindo escoltar o ônibus diretamente para a pista de embarque do aeroporto, a fim de evitar nova confusão.

“Torcedor pode protestar, mas não tem o direito de tocar em jogador algum”, disse Gabriel Paulista ao jornal A Tarde. “A gente sabe que não está jogando bem, mas esse tipo de protesto não ajuda. A gente precisa da torcida ao nosso lado. Agora vamos nos reunir e pensar, porque o clima ficou estranho”, completou William.

Às 16h20 (de Brasília) deste sábado, o Vitória enfrenta o Bragantino em Bragança Paulista, no interior de São Paulo. O Leão liderou a Série B por boa parte da competição, mas viu seu aproveitamento cair nas últimas partidas. Mesmo assim, a equipe é a terceira colocada, com 66 pontos, cinco a mais do que São Caetano, primeiro time fora do Z-4.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade