Vôlei/Bastidores - ( - Atualizado )

Zé Roberto fica próximo de renovação com Seleção Brasileira

Campinas (SP)

Treinador da Seleção Brasileira feminina de vôlei desde 2003, José Roberto Guimarães está perto de garantir permanência no comando da equipe. Durante evento de lançamento da Superliga desta temporada, o técnico conversou com o presidente licenciado da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Ary Graça, e encaminhou a extensão do vínculo até os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

"Conversei com o Ary e ele me disse da vontade dele para que eu permaneça à frente do time do Brasil. Eu também quero. Assim, fiquei de ir ao Rio de Janeiro na próxima semana conversar com o Paulo Márcio (da Costa, gerente da unidade de seleções de quadra da CBV), mas pelo Ary está tudo certo. Existe a vontade dos dois lados", explicou.

Pela Seleção feminina, Zé Roberto tem como principais títulos o pentacampeonato do Grand Prix (2004, 2005, 2006, 2008 e 2009) e o bicampeonato olímpico (Pequim, em 2008, e Londres, em 2012). Além disso, o treinador também comandou o time masculino do Brasil na década de 90 e triunfou nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992.

Atualmente, Guimarães comanda o Vôlei Amil. A equipe de Campinas estreia na Superliga feminina nesta sexta-feira, às 21 horas (de Brasília), quando mede forças com o Osasco no ginásio José Liberatti. Os times se enfrentaram recentemente na série final do Campeonato Paulista, onde que o clube sediado na Grande São Paulo conquistou o título.

“Estreia sempre tem um frio na barriga, mas é bom. Usamos um pouco o Paulista, que é um torneio forte e exige das jogadoras, como preparação para a Superliga. Pegamos logo na estreia a equipe mais forte, considerada favorita ao título, mas o Vôlei Amil melhorou em relação ao estadual. Melhoramos o bloqueio, a defesa. Nosso saque está mais efetivo. Enfim, vejo nosso time crescendo gradativamente”, encerrou Zé Roberto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade