Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Botafogo aceita proposta chinesa de R$ 16,5 milhões por Elkeson

Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Elkeson está de saída do Botafogo. A equipe aceitou a proposta do chinês Guangzhou Evergrande pelo jogador e faltam apenas detalhes contratuais para oficializar a venda.

O Alvinegro receberá 6 milhões de euros (cerca de R$ 16,5 milhões) pelo camisa 9. A equipe tinha uma proposta de mesmo valor do Kashiwa Reysol, do Japão, mas Elkeson optou pela equipe chinesa.

Mais vantajosa para a revelação do Vitória, a oferta salarial do Evergrande é de 2 milhões de euros (cerca de R$ 5,5 milhões) por temporada, com salário mensal de R$ 450 mil.

Elkeson deve até mesmo ficar de fora do clássico contra o Flamengo no sábado, às 19h30 (de Brasília), pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O atleta não irá comparecer ao treino de sexta-feira para resolver os detalhes finais da negociação.

Agora, o treinador Oswaldo de Oliveira pode ter problemas para escalar o ataque botafoguense na próxima temporada caso não venham novos jogadores. Especula-se que o Alvinegro estaria interessado em Guilherme, do Atlético-MG, para o setor.

Além de Elkeson, que era meia e se tornou atacante para se firmar como artilheiro do Botafogo no Brasileiro com 11 gols marcados, Bruno Mendes, que marcou seis gols na reta final do nacional, está em imbróglio judicial e pode não seguir na equipe.

Fábio Castro/Agif
O atacante Elkeson, que deixa o Botafogo para atuar no futebol chinês, já não comparece ao treino de sexta

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade