Futebol/Campeonato Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Oswaldo evita polêmica e minimiza discussão entre Seedorf e zagueiro

Rio de Janeiro (RJ)

As cobranças do holandês Clarence Seedorf não foram bem aceitas pelo zagueiro Antonio Carlos nesta sexta-feira. Os dois jogadores tiveram uma áspera discussão nos treinamentos realizados pelo Botafogo e forçaram o técnico Oswaldo de Oliveira a explicar o ocorrido. Para o treinador, lances desse tipo são normais em um grupo que busca objetivos mais ambiciosos na temporada.

“Isso é comum entre eles, a discussão é de ponto de vista. É normal que aconteça, com a experiência que eles têm faz muito bem. O Jefferson até faz mais que o Seedorf, mas do modo dele. Existem outros casos que não percebemos, porque o Seedorf chama mais atenção. Depois que eles tomam banho no vestiário, voltam a ser amigo”, tranquilizou o comandante alvinegro.

O lance em questão ocorreu após Seedorf cobrar mais empenho do defensor durante o coletivo disputado em General Severiano. O defensor entendeu que a postura do holandês não era adequada naquele momento e respondeu mais seriamente. Após a breve discussão no meio-campo e a chegada dos companheiros para amenizar a situação, os dois finalizaram as atividades normalmente e não deram indícios de que o incidente gerou qualquer tipo de ressentimento.

Esta não é a primeira vez que Seedorf se irrita com os defensores do Botafogo e cobra mais empenho dos seus companheiros publicamente. Em um treinamento realizado pelo clube em Saquarema, o jogador reuniu todo o elenco no centro do gramado e disparou contra as falhas apresentadas na marcação. Na ocasião, o veterano chegou a atirar um copo d’água no chão e precisou ser contido por Oswaldo de Oliveira após o lateral Márcio Azevedo aparentar desconforto com a situação.

Polêmicas à parte, Seedorf e Antonio Carlos estão confirmados para o duelo deste domingo, contra o Sport, na Ilha do Retiro. Além da dupla, o Botafogo terá de volta o meia Andrezinho, que não sentiu mais dores nesta sexta-feira, e o volante Renato, que trabalhou normalmente com os demais atletas e está livre de um desconforto na região lombar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade